As mil e uma utilidades do meme no diálogo digital

Buscar

Mídia

Publicidade

As mil e uma utilidades do meme no diálogo digital

Estudo da plataforma Gente, da Globosat, feito em parceria com a Consumoteca, mostra que 85% dos internautas, de uma amostragem de mil pessoas, já utilizaram o recurso

Luiz Gustavo Pacete
29 de maio de 2019 - 12h45

O programa de humor Choque de Cultura, por exemplo, é fonte constante de memes (Crédito: TV Quase)

A Plataforma Gente, hub de estudos da Globosat, divulgou nesta quarta-feira, 29, um estudo que identifica o papel do meme no diálogo digital dos brasileiros. Feito em parceria com a Consumoteca, o “In Meme We Trust” aponta qual o papel da linguagem como forma de comunicação, suas variações e as principais utilidades apontadas pelas pessoas. Foram ouvidos via questionário digital, no primeiro trimestre deste ano, mil entrevistados em todo o território nacional.

Dos destaques do levantamento está a informação de que 85% das pessoas costumam curtir memes na internet. Dentre algumas classificações do estudo para a importância do meme está o fato de que ele se reinventa com frequência.

“Apesar de preservar referências comuns, é frequentemente alterado para novos contextos e significados. Diferente do conteúdo viral, o meme está em constante alteração. Ou seja: memes são virais, mas nem tudo que é viral é meme”, explica o estudo. Além disso, o material aponta que o meme é resultado de uma seleção natural do conteúdo.

Fonte: “In Meme We Trust” – Consumoteca

“A cada nova alteração ele vai ganhando sobrevida. O potencial que um meme tem, tanto de espalhamento quanto de permanência, vem dessa capacidade de renovação. Quanto mais gente aceitando esse convite pra fazer alterações, mais ele tende a se espalhar”, afirmou ao estudo Fernando Fontanella, especialista em cultura digital. Do montante ouvido, 73% afirmam que já souberam de uma notícia política através de um meme e 57% seguem alguma página só para acompanhar a linguagem. Além disso, para 45% das pessoas o meme serve para quebrar o gelo, 43% explicam que ele serve para mandar indiretas.

Fonte: “In Meme We Trust” – Consumoteca

Dentre as funções de um meme, 63% apontam que os procuram para se distrair, 75% acham que o meme ajuda a aliviar o stress do cotidiano e 46% das pessoas compartilham memes que traduzem seus problemas pessoais. Como forma de linguagem digital, o meme tem a função de ser engraçado, para 79% das pessoas; traduzir a opinião sobre algo, para 51%; gerar polêmica, 25%; atrair repercussão, 21% e privilegiar o meme feito por algum conhecido, 9%.

O estudo ainda classifica o potencial de inclusão de um meme já que 64% se sentem incluídos quando entendem um meme, 66% se sentem mais bem informados quando entendem um meme e 54% acham que meme ajuda a dialogar com o diferente. Por fim, apenas 22% dos internautas produzem memes e para a geração Z, chamada de nativa digital, se comunicar com memes é algo natural. Não importa a temática: eles são ferramentas que ajudam a expressar sentimentos e opiniões

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • digital

  • marketing

  • internet

  • Redes Sociais

  • Meme

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”