Facebook anuncia conselho para avaliar moderação de conteúdo

Buscar

Mídia

Publicidade

Facebook anuncia conselho para avaliar moderação de conteúdo

Plataforma anuncia comitê na véspera de depoimento ao congresso estadunidense sobre papel de grandes empresas de tecnologia no combate ao discurso de ódio


18 de setembro de 2019 - 10h44

Mark Zuckenberg respondeu ao parlamento dos Estados Unidos sobre a polêmica envolvendo a empresa Cambridge Analytica e suas políticas de segurança em abril (Crédito: Chip Somodevilla/Getty Images)

O Facebook anunciou um conjunto de medidas para diminuir a quantidade de discurso de ódio em sua plataforma. Entre elas, está a criação de um conselho independente que avaliará o que foi moderado pela equipe da empresa. Além disso, a plataforma passa a ampliar sua compreensão do que considera terrorismo e aprimorará ferramentas de inteligência artificial usadas para detectar transmissões ao vivo de tiroteios, segundo informações do New York Times.

O Comitê de Supervisão terá poder de, caso considere inadequada, anular uma decisão de moderação por parte dos funcionários da empresa. As novidades foram divulgadas na véspera de uma audiência em um comissão do congresso estadunidense sobre como grandes empresas de tecnologia estão lidando com conteúdo que promova violência.

O conselho será formado por 40 membros, contratados por meio período, e com mandatos de três anos cada.  Fará parte da atribuição dos integrantes promover recomendações ao Facebook para aprimorar suas políticas de moderação de conteúdo.

 

*Crédito da imagem no topo: Pixabay/Pexels

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”