VODs diminuem qualidade para preservar banda larga

Buscar

Mídia

Publicidade

VODs diminuem qualidade para preservar banda larga

Medida de empresas como Globoplay, Netflix e YouTube busca evitar colapso do sistema de infraestrutura de internet

Salvador Strano
23 de março de 2020 - 9h58

Série Aruanas, do Globoplay. Na foto: Clara (Thainá Duarte), Verônica (Taís Araújo), Natalie (Débora Falabela) e Luiza (Leandra Leal). Crédito: Divulgação/Fabio Rocha

A Globo anunciou no nesse domingo, 22, que não transmitirá conteúdo em altíssima qualidade (4K e full HD) no Globoplay ou em suas outras entregas digitais, como os sites GShow e Globo Esporte. A medida visa aliviar o peso da transmissão junto às fornecedoras de internet durante o período de distanciamento social indicado pelo Ministério da Saúde, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Segundo a empresa, isso deve ajudar a evitar um possível colapso da infraestrutura de conexão banda larga no País e manter a qualidade do serviço em todas as plataformas.

Outras companhias de VOD vêm anunciando medidas similares ao redor do mundo. A Netflix anunciou que reduzirá a resolução de suas transmissões na União Europeia e em Israel. A estimativa do bloco europeu é de que a medida reduza o consumo de dados da plataforma em 25%.

Assim como na Europa, a mudança no Estado judeu foi motivada por um pedido de autoridades locais para que a plataforma reduzisse seu uso de banda. As medidas serão implementadas gradualmente durante essa semana.

No bloco, Amazon Prime Video,  YouTube e Apple também reduziram o consumo de internet após os pedidos das autoridades.

Ao portal Omelete, a Netflix afirmou que estuda realizar o mesmo movimento no Brasil. Em janeiro, a plataforma divulgou que possui quase 15 milhões de assinantes no País — quase o mesmo número de usuários de TV paga.

 

**Crédito da imagem no topo: Tero Vesalainen/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • youtube

  • Globo

  • Apple

  • Netflix

  • globoplay

  • União Europeia

  • Amazon Prime Video

  • Israel

  • Consumo

  • streaming

  • VOD

  • entretenimento

  • coronavírus

  • covid-19

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”