Play9 se reposiciona em prol da diversidade

Buscar

Mídia

Publicidade

Play9 se reposiciona em prol da diversidade

Canal IN (antigo Irmãos Neto) abordará mais temáticas sociais com um casting mais diverso

Thaís Monteiro
27 de julho de 2020 - 6h00

Em agosto, o Canal IN, antigo canal Irmãos Neto, passará por um reposicionamento. Em 2019, o perfil foi rebatizado para a publicação de conteúdo baseados em diversão e desafios apresentados por outros influenciadores integrantes do grupo, apelidado de “Família Neto”, desde que Luccas e Felipe Neto começaram a se dedicar mais a projetos ligados a suas marcas pessoais. No próximo mês, gradualmente, o canal passará a inserir novas temáticas em sua programação, como bullying, racismo e demais discussões sociais abordadas por novos protagonistas.

 

Matheus Marinho, Bruno Corrêa, Gabi Oliveira e Bruna Gomes participam da equipe de apresentadores do canal IN (Crédito: Divulgação/Play9)

A criadora de conteúdo Gabi Oliveira assume a coordenação de conteúdo, incluindo novas pautas, programação e apresentação de alguns vídeos. O perfil também incluirá mais criadores de conteúdos negros no seu casting, como Bruno Corrêa.

“Já tínhamos a ideia de agregar cada vez mais talentos e achamos que era o momento de fazer isso de forma mais assertiva, abrindo espaço para influenciadores negros que, infelizmente, ainda não têm o protagonismo merecido no YouTube, apesar do seu grande talento. Como muitos adolescentes e jovens acompanham o canal, é uma forma de contribuir para que a próxima geração seja menos preconceituosa do que a nossa e as anteriores”, explica João Pedro Paes Leme, sócio cofundador da Play9.

O projeto é uma das iniciativas da empresa para contribuir para um cenário mais diverso no mercado de influenciadores e no conteúdo recebido pela audiência. De acordo com o executivo, a Play9 está negociando com mais dois outros criadores negros para entrar no canal IN e irão anunciar mais três novos nomes com canais proprietários. Além de Gabi e Bruno, a empresa tem Vinicius Junior no seu casting. A Play9 também está planejando uma parceria com o Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) para criar ações dentro do ecossistema da Play9, com novas práticas de recrutamento e conscientização dos colaboradores.

A mudança no canal coincide com o período em que a empresa comemora seu primeiro ano de fundação. João Pedro adianta que a empresa trabalha em um novo projeto de educação, “um desdobramento natural para uma empresa baseada em criação de conteúdo e bom storytelling. Estava claro, para nós, que o ato de aprofundar o conhecimento do público precisava vir por um outro tipo de plataforma”, coloca o executivo.

A Play9 busca se posicionar como voltada a propósitos, unindo a criação de projetos audiovisuais originais com a abordagem de temas fundamentais para a sociedade e com o objetivo de buscar relevância e gerar engajamento. Além dos nomes já citados, atualmente, a empresa tem em seu casting nomes como Giovanna Ewbank, Fátima Bernardes, Otaviano Costa, Bruna Gomes, Marta, Professor Noslen, Rafa Kalimann e Gabriela Prioli e é parceira do Google e YouTube na produção de conteúdo.

**Crédito da imagem no topo: Ajwad Creative/iStock

Publicidade

Compartilhe