Para Natal, Porta dos Fundos faz sátira política em Atibaia

Buscar

Mídia

Publicidade

Para Natal, Porta dos Fundos faz sátira política em Atibaia

Campanha do 7º especial de Natal do Grupo tem maior investimento em comunicação da empresa

Thaís Monteiro
23 de novembro de 2020 - 6h00

Intitulado “Teocracia em Vertigem”, em referência do documentário “Democracia em Vertigem”, de 2019, este ano a satira segue um formato documentário e faz um paralelo entre a política, polarização e demais questões globais com os tempos de Cristo. O longa será lançado em 10 de dezembro no canal do YouTube da produtora.

 

Peças incluem outdoors, faixas aéreas, TV, mídia digital e outros formatos(Crédito: Divulgação/Porta dos Fundos)

Já a divulgação é a maior já feita pelo grupo. O Porta dos Fundos apostou em uma comunicação com o mote “Jesus Vai Voltar” que, por si, se refere a continuação da tradição e com a advertência “#NãoAssista ao Especial de Natal do Porta dos Fundos” para lembrar ao público que eles podem escolher não assistir. Em 2019, o especial, que foi distribuído na Netflix, foi criticado por retratar Jesus como homossexual e enfrentou julgamentos no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Supremo Tribunal Federal. A decisão final do STF foi manter o longa no ar.

“Certamente, esse é o maior investimento de campanha que o Porta já fez. A decisão de apostar na comunicação é para ampliar o nosso público e promover ainda mais o Especial do Porta dos Fundos, um conteúdo que já faz parte da tradição Natal no Brasil”, diz Christian Rôças, CEO do Porta dos Fundos. A VMLY&R participou do planejamento estratégico e de mídia, mas a criação foi desenvolvida pela produtora.

“A nossa expectativa é que o Porta dos Fundos encontre divirta as pessoas e alcance um público ainda maior do que já viemos conquistando ao longo desses oito anos de vida”, complementa. Segundo o grupo, os cinco primeiros especiais publicados no YouTube acumulam 25.6 milhões de visualizações. Os últimos dois, lançados na Netflix, estarão disponíveis no canal do YouTube a partir de dezembro.

O primeiro estágio do plano de marketing envolve a instalação de outdoors em pontos de Atibaia (SP) incluindo a frase “Por que depositaram 89 mil moedas de prata na conta da ex-mulher de Judas?”. A cidade é estratégica pois foi onde Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, foi preso para investigação do Esquema das Rachadinhas e onde o ex-presidente Lula tem um sítio que culminou, dentre outros fatos, a sua condenação por corrupção.

A campanha também contempla faixas aéreas estampando outras frases por praias do Rio de Janeiro e de São Paulo. Na segunda fase da campanha, quando o especial já estiver disponível, a comunicação ganha filmes para TV aberta e nos canais da ViacomCBS e conteúdo nas redes sociais do Porta dos Fundos.

**Crédito da imagem no topo: Ajwad Creative/iStock

Publicidade

Compartilhe