Twitch investe para ir além dos games no Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Twitch investe para ir além dos games no Brasil

Phil Chaves, recém contratado como head de vendas para a plataforma, explica a estratégia de apostar em outras verticais, entre elas, música

Luiz Gustavo Pacete
2 de dezembro de 2020 - 14h00

Na última semana, a plataforma de conteúdo Twitch anunciou a chegada de Philip Chaves como head de vendas para o Brasil. O objetivo de Chaves é desenvolver os negócios da plataforma no mercado nacional. Esse movimento faz parte de mais uma etapa da expansão da plataforma da Amazon no Brasil que vem sendo pautada, sobretudo, pela diversificação de tipos de conteúdo além dos games.

De acordo com Chaves, os games continuam no centro da plataforma, mas a Twitch não é exclusivamente sobre games. “O que tem acontecido recentemente no Brasil é parte de nossa estratégia de nos posicionar em outras áreas fora de gaming. Para dar uma melhor perspectiva, a vertical de música da Twitch viu um crescimento de 309% em audiência entre março e junho, enquanto a já popular categoria ‘Just Chatting’ cresceu 84%. Estes dados representam uma oportunidade para marcas engajarem com uma audiência que tem múltiplos interesses em apenas um lugar.”

Em média, a Twitch possui 26,5 milhões de visitantes diários e mais de 6 milhões de criadores desenvolvendo live streamings todo mês. “Nossa equipe de executivos de vendas trabalha em parceria com agências, clientes e parceiros para garantir a melhor solução possível com base em KPIs e objetivos. Existem algumas maneiras diferentes pelas quais um cliente pode promover uma marca na Twitch: ROS (Run of Site) – quando um cliente tem um orçamento fixo, parâmetros de segmentação e tempo de campanha, anúncios estáticos ou em vídeo serão executados com base nessas preferências. Projetos customizados – a Twitch tem uma equipe criativa de parcerias de marca executar e gerenciar um projeto”, explica.

00

De acordo com dados da própria plataforma, 39% do público da Twitch não é alcançável TV tradicional – sendo que 9% deles não assistem TV. “A Twitch tem um público muito difícil de alcançar por outras maneiras. Eles consomem quase, senão todo, seu entretenimento online. Além disso, as comunidades respondem a uma maneira muito autêntica de produzir e entregar conteúdo, o público (espectadores) é altamente engajado.”

Publicidade

Compartilhe