Aos 25 anos, UOL renova marca e prioriza conteúdo em vídeo

Buscar

Mídia

Publicidade

Aos 25 anos, UOL renova marca e prioriza conteúdo em vídeo

Veículo prepara o lançamento do Canal UOL, com grade diária de programação ao vivo e mira a conquista de uma audiência mais jovem

Bárbara Sacchitiello
28 de abril de 2021 - 11h47

(Crédito: Divulgação)

Nesta quarta-feira, 28, o UOL completa 25 anos de fundação. Criado com a proposta de facilitar o acesso dos brasileiros à internet, o veículo, hoje, se vê diante do desafio de atender a uma audiência multiplataforma com uma oferta variada de conteúdos e serviços.

Ao analisar a trajetória da empresa, Paulo Samia, CEO do UOL Conteúdos e Serviços, destaca a evolução dos formatos de conteúdo e de mídia que foram se apresentando no caminho do portal ao longo do tempo e como isso impulsionou a companhia a buscar outras formas de atender aos anseios das pessoas por informação, entretenimento e serviços digitais. “Ao longo desse tempo vimos uma grande evolução nos formatos de conteúdo e mídia, que nasceram ainda com base no que tínhamos na mídia impressa e foram evoluindo para se adaptar aos novos canais de distribuição de conteúdo. Fora isso, também observamos a grande evolução tecnológica que impulsionou os veículos digitais a criarem formatos diversos. Começamos na era da internet discada e já estamos nos preparando para ingressar na fase do 5G, que permitirá conexões ainda mais inovadoras”, projeta o executivo.

Para celebrar o aniversário de 25 anos, a companhia apresenta nesta quarta-feira, 28, a renovação de sua identidade visual. Embora a marca já tenha passado por outras mudanças ao longo da existência do UOL, desta vez a proposta é transmitir na imagem da companhia uma proposta de dinamismo. “Hoje, 80% do consumo de nosso conteúdo já acontece via mobile. As mudanças na forma do consumo de conteúdo são muito grandes e a marca precisava estar mais adequada a esses formatos”, resume Samia. O CEO explica que a identidade visual ganhou um aspecto mais clean, que represente a proposta do UOL de querer falar com um novo público, sem deixar de lado a audiência tradicional, que acompanha o portal ao longo do tempo.

Construir uma nova audiência é, aliás, o objetivo principal que o veículo traça para os próximos anos. Samia conta que o UOL vem moldando um trabalho de personalização e segmentação da audiência, construindo pilares de conteúdo que conversem com interesses distintos, como as marcas Tilt, Universa e Splash e, também, investindo na entrega de conteúdo em outras plataformas, como vídeos e podcasts. “Estamos muito abertos e sempre de olho nessas plataformas que permitam falar com um novo público, em todos os momentos e em todas os canais”, conta.

Para celebrar o aniversário, o UOL criou um filme publicitário no qual apresenta sua marca e fala sobre a atuação multiplataforma. Veja:

Canal UOL
Uma das principais área de investimento do UOL nos últimos anos – e que deve seguir como prioridade – é a de vídeos. No ano passado, o veículo estreou alguns programas fixos, como o Otalab, comandado por Otaviano Costa e o “Brasil com Zeca”, comandado pelo jornalista e diretor Zeca Camargo.

A partir de maio, o UOL irá investir na consolidação do hábito de audiência no universo digital com o Canal UOL, uma grade de programação diária com oito horas de conteúdo em vídeo, sendo seis delas exibidas ao vivo. De acordo com o CEO, serão programas sobre jornalismo, entretenimento, entrevistas, debates e outros conteúdos produzido pela equipe do veículo. “Ter uma grade de programação é algo importante porque ela ajuda a criar o hábito na audiência que gosta de acompanhar os programas naquela hora, com a vantagem de poder consumir aquele mesmo conteúdo sob demanda depois. Além disso, toda essa produção de conteúdo permitirá a edição de trechos e pílulas que serão aproveitadas em todos os nossos conteúdos”, explica o CEO.

Publicidade

Compartilhe