Família Marinho volta a gerir o Grupo Globo

Buscar

Mídia

Publicidade

Família Marinho volta a gerir o Grupo Globo

Jorge Nóbrega, que liderava a operação desde 2017, passará o comando da Globo para Paulo Marinho; João Roberto Marinho irá acumular a presidência do conselho administrativo com a presidência do Grupo Globo


14 de outubro de 2021 - 12h42

Jorge Nóbrega (à esq.) fará a transição do comando para Paulo Marinho, que assume os negócios a partir de fevereiro de 2022 (Crédito: Divulgação)

A Globo anunciou nessa quinta-feira, 14, uma mudança em seu comando. Jorge Nóbrega, que ocupa o cargo de presidente do Grupo Globo desde 2017, deixará a empresa no fim de janeiro de 2022. A partir de fevereiro, a empresa volta a ser presidida por membros da família Marinho, fundadores da operação.

Jorge Nóbrega ocupava os postos de presidente do Grupo Globo e da Globo. O grupo decidiu desmembrar as funções e nomeou João Roberto Marinho, presidente do conselho administrativo do Grupo Globo, como o novo presidente do Grupo (que abrange a Globo, Editora Globo, o Sistema Globo de Rádio, Globo Ventures e Fundação Roberto Marinho). João Roberto Marinho acumulará a função com a presidência do conselho administrativo do grupo.

Já para a presidência da Globo, o escolhido foi Paulo Marinho, atual diretor de canais da Globo. O executivo ficará responsável pela TV Globo (canal aberto), 26 canais pagos, o Globoplay e os demais produtos digitais.

Segundo a empresa, “a substituição, planejada já há algum tempo, faz parte da jornada de profunda transformação digital da empresa, que foi iniciada por Nóbrega em setembro de 2018 e que estará a cargo de Paulo Marinho a partir do ano que vem.”

Os executivos assumem as novas funções em 1 de fevereiro de 2022 e, nos próximos meses, Jorge Nóbrega e Paulo Marinho irão conduzir, juntos, o processo de transição.

Jorge Nóbrega havia sido o primeiro executivo de fora da família Marinho a liderar os negócios da Globo. O profissional ingressou na empresa em 1996 e, em 2017, assumiu a presidência do grupo com a missão de conduzir a integração das empresas no projeto Uma Só Globo. Nóbrega continuará integrando o conselho de administração do grupo Globo, ao lado de Roberto Irineu Marinho, Roberto Marinho Neto e Alberto Pecegueiro.

No comunicado, a Globo diz que Paulo Marinho era o natural sucessor de Jorge Nóbrega e que o executivo tem sido uma liderança importante na consolidação da estratégia D2C da empresa. Paulo Marinho tem 44 anos e atua na empresa desde 1998, tendo passado pela coordenação de conteúdo e marketing no Sistema Globo de Rádio é diretor de canais da Globo desde 2020, pela diretoria dos canais infantis Gloob e Gloobinho, da VIU Hub e pela diretoria-geral de canais e conteúdo da então Globosat.

Publicidade

Compartilhe