Brandcast 2021: YouTube aposta em formatos e transmissões

Buscar

Mídia

Publicidade

Brandcast 2021: YouTube aposta em formatos e transmissões

Plataforma destacou seu investimento em social commerce, o impacto da plataforma para as marcas e a transmissão esportiva

Thaís Monteiro
22 de outubro de 2021 - 12h00

Na edição deste ano do Brandcast, evento anual do YouTube para agências e anunciantes, a plataforma retomou as novidades lançadas pela plataforma no ano, como o Shorts, as que ainda estão por vir, como um botão que direciona o usuário à compra do produto que viu no vídeo, e o impacto da empresa na economia brasileira.

 

Criadores Vítor Dicastro e Amanda Mendes apresentaram cases de marcas (Crédito: Reprodução/YouTube)

De acordo com dados obtidos pela plataforma através de pesquisas com 3.900 usuários, 900 criadores de conteúdo e 500 negócios, em 2020 o ecossistema criativo do YouTube contribuiu com cerca R$ 3 bilhões para o PIB brasileiro (Produto Interno Bruto), gerando 122 mil empregos no período.

Há impactos também para marcas. Dados internos da plataforma demonstram que, em 2020, anúncios geraram 1,4 bilhões de conversões para anunciantes globalmente.

Dentre os dados apresentados pelo YouTube nesta edição do Brandcast, alguns foram exclusivos. Em uma pesquisa encomendada à Talkshoppe pelo Google, foi descoberto que 91% dos brasileiros consideram que o YouTube os ajuda a aprender algo novo. O estudo foi realizado em julho de 2021 com 2000 entrevistados de 18 a 65 anos por todo o País. Segundo os respondentes, o YouTube tem conteúdo de alta qualidade (83%) e que não conseguem encontrar em nenhum outro lugar (74%).

Em relação às marcas, a pesquisa demonstrou que a plataforma tem apelo comercial. Dos entrevistados, 63% afirmam que ver conteúdo pago ou anúncios faz com que fiquem mais propensos a comprar um produto da marca e 76% deles dizem que o conteúdo a que assistem no YouTube os ajuda a decidir o que comprar.

Como em todo ano, o YouTube apresentou campanhas pensadas para a plataforma que obtiveram bons resultados. Uma das campanhas detalhadas foi a “Já olhou no QuintoAndar?”, da Gut São Paulo para o QuintoAndar. A empresa queria se posicionar na liderança de seu segmento, que é pulverizado, e conversar com seus diferentes perfis de clientes por praças em todo País.

A marca desenvolveu uma estratégia baseada em dados e com formatos e mensagens específicas para cada um desses públicos. Com dados e resultados do YouTube e do Quinto Andar, a campanha era otimizada a cada semana. Como resultado, o Quinto Andar melhorou sua percepção em 37 praças e se tornou líder de buscas no seu mercado em seis delas. Segundo o YouTube, o custo por lift user caiu em 50% e a marca conquistou 5% em awarness. A campanha, que iria durar 30 dias, durou três meses.

A plataforma também detalhou um investimento da Samsung que decidiu usar o YouTube como laboratório de aprendizagem e criou uma estratégia de quatro fases. A cada nova fase, a empresa incorporava um novo elemento da campanha, seja novos formatos, produtos ou novo target. O custo por consideração caiu 71%.

No evento, Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, também compartilhou sua trajetória enquanto criadora de conteúdo para a plataforma. Em entrevista a apresentadora Astrid Fontenelle, a empresária contou que viu no YouTube uma forma de se conectar aos pequenos e médios empreendedores. Além de considerar o espaço um jeito de atingir diversas audiências. Durante a pandemia, Luiza estreou o programa “Eu nunca pensei que”, no qual entrevista personalidades de diferentes mercados. “O YouTuber ajudou a profissionalizar o pequeno empreendedor. Não tem como você estar no digital e não estar no YouTube”, afirmou.

Entre outras novidades além da funcionalidade de social commerce, o YouTube aproveitou para reforçar os pacotes comerciais que tem disponíveis para marcas que desejam estar com a plataforma durante a transmissão do Paulistão 2022. São eles: o Pacote “Jogo é Jogado”, com participação de criadores gamers; “Chama no VAR”, com criadores de conteúdo sobre tecnologia; e “Torcendo com Geral e Hora da Resenha”, com criadores de culinária e entretenimento. A plataforma prepara inovações, como a possibilidade do espectador trocar o narrador do jogo e disponibilizará os melhores momentos dos jogos no Shorts.

A plataforma da Alphabet também anunciou dois Originals: o reality Futuro Ex-Porta, com Porta dos Fundos, estreia em 30 de outubro; haverá também a série documental Abre Alas, com Agnes Nunes, em que a cantora Agnes Nunes contará histórias de cantoras negras que abriram portas para as gerações mais novas.

A agência R/GA foi responsável pelo conceito criativo, produção e pós produção do evento.

**Crédito na imagem no topo: Rawpixel.com/Shutterstock

Publicidade

Compartilhe