Melissa Vogel assume IAB Brasil e propõe gestão agnóstica

Buscar
Publicidade

Mídia

Melissa Vogel assume IAB Brasil e propõe gestão agnóstica

CEO da Kantar Ibope Media terá a missão de auxiliar a indústria diante dos desafios da transformação digital

Bárbara Sacchitiello
25 de janeiro de 2022 - 14h47

CEO da Kantar Ibope no Brasil, Melissa Vogel assume a presidência do IAB no País (Crédito: Divulgação)

Desde 2020, quando o mundo começou a viver sob a ótica da pandemia da Covid-19, o segmento digital entrou em uma era de transformações ainda mais intensa. Com a internet sendo, muitas vezes, o único canal possível para a concretização de muitas das atividades do dia a dia, o interesse – e as verbas das empresas – passaram a se voltar ao digital em um volume nunca antes visto. Dados do Interactive Advertising Bureau (IAB-Brasil) mostram que, ao longo de 2020, foram investidos R$ 23,7 bilhões em publicidade digital. No primeiro semestre de 2021, dados da entidade indicavam que o valor direcionado à publicidade no ambiente online já havia ultrapassado a marca de 13,2 bilhões.

Em meio a esse cenário de prosperidade, o marketing digital também enfrenta uma fase de profundas transformações, como a iminente eliminação dos cookies de terceiros pelo Google e ao aumento das discussões sobre brand safety e privacidade.

Cris Camargo, CEO do IAB: “Sempre existiu uma preocupação genuína de alternância de poder no IAB-Brasil” (Crédito: Divulgação)

Auxiliar a indústria em todas essas demandas e se colocar como um polo balizador das boas práticas do mercado será a missão principal da nova gestão do IAB-Brasil, que tem Melissa Vogel, CEO da Kantar Ibope Media no País, como presidente. A executiva assume o posto após o fim do mandato de Marco Bebiano, iretor de negócios para bens de consumo, tecnologia e governo do Google Brasil.

A escolha da profissional tem a missão de transmitir ao mercado uma premissa de atuação agnóstica, que contemple as visões e anseios de diferentes pontas que compõem o setor de publicidade digital, de acordo com Cris Camargo, que segue na função de CEO do IAB-Brasil. “Sempre existiu uma preocupação genuína de alternância de poder no IAB-Brasil para mostrar que não há um lado dominante neste mercado. Tudo o que fazemos é agnóstico e considera tanto as necessidades de quem compra, de quem venda mídia e de quem participa do segmento digital. O presidente do IAB tem a missão de observar as empresas de pequeno, médio e grande porte e entender a evolução das métricas, ferramentas e práticas que precisam ser realizadas. O Bebiano fez uma gestão dedicada à diversidade tanto em termos de players contemplados entre os associados como em relação ao maior equilíbrio de gênero em nossos comitês e pluralidade de pessoas e ideias em nossas discussões”, elogia Camargo.

Embora a cerimônia de posse da nova gestão deva acontecer somente em fevereiro, o mandato da nova presidente começou a valer no primeiro dia de 2021. Além de dar continuidade aos trabalhos dos comitês e aos cursos e programas de capacitação oferecidos pela entidade, Melissa Vogel, que já foi conselheira do IAB-Brasil nos últimos dois anos, pretende focar suas energias na nova função de tornar o IAB uma entidade de apoio e auxílio aos membros diante das transformações e novas demandas impostas pelo setor, ajudando a desenvolver, amadurecer e modernizar o mercado.

“Temos que olhar para os desafios das novas tecnologias, da transformação digital, de forma ampla e para o futuro da publicidade, que passa pela discussão do fim dos cookies, do aprimoramento da mídia programática e das questões em torno de privacidade e brand safety. E nosso papel é fazer com que todas essas transformações acontecem dentro de um ambiente seguro”, comenta.

Para a executiva, há uma sinergia entre o trabalho que conduz na Kantar Ibope Media com as premissas da entidade. Ao longo de toda a minha carreira me relacionei com todos esses stakeholders, com empresas e players de perfis diferentes e esse relacionamento sempre foi pautado no desenvolvimento técnico e de métricas para apoiar a indústria da comunicação. Essa vivência me traz uma posição de continuar nessa jornada, agora à frente do IAB, para ajudar a continuar fomentando a publicidade digital”, esclarece Vogel.

Publicidade

Compartilhe

Veja também