Meta cria merchandising da NFL para avatares no Super Bowl

Buscar
Publicidade

Mídia

Meta cria merchandising da NFL para avatares no Super Bowl

Usuários do Facebook, Instagram e Messenger obtêm novos visuais digitais em 3D, incluindo camisetas dos Rams e Bengals, que estão na final da NFL


1 de fevereiro de 2022 - 6h03

Avatares da Meta ganharam novos visuais e camisetas dos finalistas da NFL (crédito: Reprodução/AdAge)

Por Garett Sloane, do AdAge*

A Meta, ex-Facebook, deu início aos seus planos comerciais para o Super Bowl com o lançamento de um produto na segunda-feira, 31, que permite que os fãs decorem seus avatares online com merchandising virtual da NFL. A atualização não permitiu uma primeira olhada no comercial da Meta no Super Bowl, mas foi uma pista de que o anúncio se vincularia ao metaverso, conceito no qual, Mark Zuckerberg, CEO, apostou para o rebranding do Facebook no ano passado.

A promoção da NFL fez parte de um conjunto mais amplo de mudanças nos avatares, que têm um novo visual 3D, mais opções para tons de pele e características faciais e opções para os usuários adicionarem cadeiras de rodas e aparelhos auditivos. Avatares —  representações digitais que as pessoas criam de si mesmas — poderão usar uma camiseta representando um dos times do Super Bowl, os Rams ou os Bengals, ou uma camiseta genérica do Super Bowl LVI.

“Vemos o metaverso como um mundo digital interconectado, que une VR e AR, com certeza, mas também plataformas mais familiares, como seu telefone e computador”, disse Aigerim Shorman, gerente geral de avatares e identidade da Meta, em um post no blog na segunda-feira. “Ter o mesmo avatar em todas as nossas plataformas é um passo inicial para tornar isso realidade, e estamos trabalhando para isso há muito tempo. Esperamos que seu novo ‘eu virtual’ permita que você se represente online da maneira que deseja ser representado”.

Um porta-voz da Meta afirmou que a atualização do avatar não estava diretamente ligada ao comercial do Super Bowl, mas que a realidade virtual e o metaverso faziam parte do foco geral da próxima campanha.

A partir de agora, os avatares 3D substituirão os modelos mais antigos nos EUA, Canadá e México. Isso significa que os avatares originais no Facebook, Instagram e Messenger terão automaticamente o novo visual. Pode parecer uma pequena atualização, mas os avatares são um dos principais pontos de entrada para o metaverso. Os avatares são como as pessoas aparecem em mundos de jogos e aplicativos de realidade virtual. Eles também podem usar roupas virtuais e produtos digitais de grife, que as marcas vêm criando.

Em outubro, o Facebook mudou seu nome para Meta para se concentrar mais em plataformas virtuais além das mídias sociais. O Facebook também mudou o nome dos dispositivos de realidade virtual Oculus Quest para Meta Quest. Em novembro, a Meta lançou sua primeira campanha de marca associada ao metaverso.

A mudança de marca para uma empresa do “metaverso” criou uma confusão de identidade para a Meta. Nem todos estão familiarizados com as plataformas de internet de última geração que compõem o chamado metaverso. O comercial da Meta no Super Bowl, que já está confirmado que irá ao ar, pode ser uma chance de apresentar mais pessoas à sua visão. No ano passado, a Meta escolheu uma nova agência, a Spark Foundry, da Publicis, para liderar seu planejamento de mídia.

A Meta não só tem que explicar o metaverso para os consumidores, mas também para as marcas. A companhia planeja reunir marcas em 17 de fevereiro, menos de uma semana após o Super Bowl, para discutir oportunidades no metaverso, de acordo com anunciantes convidados, que falaram sob condição de anonimato ao Advertising Age. Na semana passada, o Insider descreveu a reunião como o “primeiro grande passo do metaverso da Meta”.

O comercial da Meta no Super Bowl será o segundo. Em 2020, o Facebook promoveu Grupos em um comercial do Super Bowl com Sylvester Stallone e Chris Rock. A nova campanha do Super Bowl é a primeira de Alex Schultz, que virou diretor de marketing em setembro de 2020.

*Tradução: Amanda Schnaider

**Crédito da imagem no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

Veja também