Cade aprova a fusão entre WarnerMedia e Discovery

Buscar
Publicidade

Mídia

Cade aprova a fusão entre WarnerMedia e Discovery

Conselho deu parecer favorável à negociação, sem restrições; empresa terá o nome de Warner Bros. Discovery


7 de fevereiro de 2022 - 16h19

(Crédito: Divulgação/Warner Bros. Discovery)

Na noite de sexta-feira, 4, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição da WarnerMedia pela Discovery. A negociação, anunciada em maio do ano passado, dará origem a uma nova gigante do segmento de mídia, que carregará marcas como HBO, CNN, TNT, além dos serviços de streaming como HBO Max e Discovery+.

No parecer, o Cade não estabeleceu restrições para a continuidade da fusão, mas identificou “sobreposição horizontal nas atividades de produção de conteúdo audiovisual; licenciamento de conteúdo audiovisual; licenciamento de canais de TV, total e dividido por gênero; licenciamento para produtos de consumo e serviços de streaming.

Ainda assim, o Conselho deu o parecer que, “nos mercados relevantes de produção e licenciamento de conteúdo audiovisual; licenciamento para produtos de consumo, e serviços de streaming, foi possível afastar as preocupações concorrenciais”, uma vez que as participações de mercado conjuntas das requerentes (nesse caso, WarnerMedia e Discovery) não superavam os 20%. Com isso, não há, ao menos pelo Cade, impeditivos para a continuidade da fusão.

Além disso, no parecer, assinado por Diogo Thomson de Andrade, superintendente-geral interino do Cade, a operação elimina “uma integração vertical julgada problemática num Ato de Concentração anterior – especificamente aquela existente entre a operadora AT&T e a WarnerMedia.

Anunciada em 2016, a compra da Time Warner pela AT&T gerou impactos na indústria global ao colocar a gigante de telecomunicações no universo da mídia. Em 2021, ao anunciar a negociação com a Discovery, a AT&T deixará toda sua operação de mídia em uma empresa independente, da qual seus acionistas irão deter 71%. Pelo negócio, a AT&T receberá um total de US$ 43 bilhões à vista e em títulos de dívidas.

Em junho do ano passado, a Discovery e a WarnerMedia anunciaram que a empresa que passará a representar as duas companhias, juntas, terá o nome temporário de Warner Bros. Discovery e o slogan “The stuff that dreams are made of” (“As coisas das quais os sonhos são feitos”, em tradução livre).

A Warner Bros. Discovery terá 200 mil horas de programação e 100 marcas consolidadas. Entre elas: HBO, Warner Bros., Discovery, DC, CNN, WB Games, Turner Sports, Cartoon Network , HGTV, Food Network, TNT, TBS, Turner Classic Movies, Wizarding World, Adult Swim, Eurosport, Magnolia, TLC, Animal Planet, ID, entre outros.

Publicidade

Compartilhe

Veja também