TikTok Pulse: novo sistema de anúncios da plataforma

Buscar
Publicidade

Mídia

TikTok Pulse: novo sistema de anúncios da plataforma

Com novo recurso, as marcas patrocinam 4% dos vídeos da plataforma e os criadores ganham dinheiro


4 de maio de 2022 - 16h45

*Com informações do Advertising Age

O TikTok anuncia nesta quarta-feira, 4, o lançamento do TikTok Pulse, recurso que pretende transformar 4% dos vídeos mais populares da plataforma em territórios de publicidade “premium”, para ajudar as marcas a seguirem as principais tendências de compra. O Pulse oferece alguma segmentação contextual para os anunciantes, pois é dividido por categoria. Ao todo serão 12 categorias nessa fase inicial, que incluem beleza, moda, culinária e jogos.

 

TikTok Pulse recompensa com pelo menos 100 mil seguidores (crédito: reprodução)

O Pulse é o primeiro produto de compartilhamento de receita de publicidade com criadores, figuras públicas e editores de mídia, o que significa que eles receberão uma divisão do dinheiro que entra pelo programa. Ao AdAge, Sandie Hawkins, gerente geral do TikTok, afirmou que esse recurso coloca as marcas no coração de todas as comunidades do TikTok, ao lado de todo o conteúdo que está impulsionando a conversa e as ações.

Em seu blog, o TikTok disse que o Pulse “foi projetado para fornecer às marcas as ferramentas e controles para fazer parte desses momentos e tendências cotidianas que envolvem a comunidade”. Sandie não confirmou quanto o TikTok cobrará das marcas para participar do Pulse, mas afirmou que o programa é o tipo de plataforma de oferta de publicidade desenvolvida para perseguir os orçamentos de publicidade na TV, que estão disponíveis durante as negociações do NewFronts.

A gerente geral do TikTok ainda reforçou que a plataforma identificaria os vídeos mais populares e, em seguida, executaria apenas marcas abaixo desses vídeos. “São as visualizações de vídeo mais envolventes, altamente responsivas e seguras para a marca, que estão crescendo mais rapidamente”, completou ao AdAge. Ela ainda explicou que os vídeos disponíveis para os anunciantes do Pulse não são necessariamente aqueles com mais visualizações, mas aqueles classificados de acordo com uma fórmula que mede o quanto eles estão “decolando”.

O TikTok disse os criadores e editores com pelo menos 100 mil seguidores estarão qualificados no estágio inicial deste programa e que compartilhará a receita com esses criadores. “Estamos focados em desenvolver soluções de monetização e mercados disponíveis para que os criadores se sintam valorizados e recompensados ​​no TikTok”, afirmou, em seu blog.

Até o momento, a principal forma do TikTok recompensar os criadores era por meio de seu “Fundo do Criador”, que paga usuários selecionados com base na popularidade de seus vídeos. Porém, muitos afirmam que esses pagamentos podem ser pequenos e inconsistentes.

Movimento do mercado

O novo produto de anúncio em vídeo do TikTok é semelhante ao modo como o Google e o Facebook reservaram categorias de vídeos para as marcas que mais gastam. O Facebook, da Meta, por exemplo, tem o Watch, que é um hub de vídeos no estilo YouTube, onde as marcas podem solicitar anúncios de “reserva in-stream”.

Reservar o espaço do anúncio permite que as marcas controlem melhor o conteúdo que patrocinam e o ambiente em que aparecem. A Meta discutiu os anúncios de reserva in-stream, lançados em 2019, em seu primeiro evento NewFronts ao vivo na terça-feira, 3. Enquanto isso, o Google tem um produto de anúncio premium chamado YouTube Select , reservado para os 5% principais do conteúdo de vídeo no serviço. A Twitch, da Amazon, discutiu mais curadoria de conteúdo para anunciantes como parte de seu programa NewFronts na segunda-feira, 2.

Todas as plataformas estão tentando conquistar anunciantes que foram queimados por conteúdo inadequado nas mídias sociais. O TikTok, de propriedade chinesa, também precisava vir ao NewFronts com uma mensagem sobre segurança da marca, pois os anunciantes estão preocupados com a forma como os adolescentes são afetados pelas mídias sociais e tendências online que podem refletir negativamente nos anunciantes.

No caso do TikTok, associar-se a vídeos de tendências mais rápidas também pode ajudar as marcas a ampliar suas vendas, porque a plataforma tem a reputação de ajudar a impulsionar a popularidade dos produtos. O TikTok levou a vários momentos de comércio viral para marcas que nem esperavam atenção. “É premium em termos de segurança de marca”, disse Hawkins sobre o TikTok Pulse, “mas também é sobre os 4% dos principais TikToks que estão decolando”.

Publicidade

Compartilhe

Veja também