Twitter integra funções do Periscope em sua plataforma

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Twitter integra funções do Periscope em sua plataforma

Transmissões de vídeo ao vivo agora podem ser feitas a partir de um tweet, diretamente do perfil do usuário


15 de dezembro de 2016 - 9h58

Capturar2

 

Não é mais necessário ter o Periscope para realizar transmissões ao vivo no Twitter, como anunciou a empresa na última quarta-feira, 14. Transmissões de vídeo ao vivo agora podem ser feitas a partir de um tweet, diretamente do perfil do usuário. 

Assim como já acontece no Periscope, os seguidores que estiverem assistindo a um vídeo em tempo real no Twitter terão a oportunidade de interagir através de comentários e dos já conhecidos corações. Além disso, os tweets dos vídeos ao vivo podem ser retweetados, curtidos e compartilhados. Para iniciar a transmissão, basta ir no botão de criar um Tweet, selecionar a opção “ao vivo”.

No ano passado, a empresa gastou cerca de US$ 100 milhões para comprar a plataforma de vídeo Periscope, mas os dois aplicativos nunca foram realmente integrados. O Twitter já tinha criado um botão de vídeo ao vivo na tela de composição que permitia aos usuários iniciarem transmissões do Periscope pelo app do Twitter.

Agora, os usuários não precisarão mais ter os dois aplicativos para isso.Se posicionar como um player grande na área de vídeos ao vivo é importante para o Twitter já que a plataforma se intitula como um destino para “ver o que está acontecendo no momento” e, cada vez mais, as pessoas gravam vídeos ao invés de escrever textos.

“O vídeo ao vivo é uma prioridade para o Twitter. Com essa nova possibilidade, damos a qualquer consumidor o poder de fazer uma transmissão a partir de um Tweet e compartilhar com a audiência o que está acontecendo no mundo agora, como já ocorre com os outros conteúdos publicados no Twitter”, afirmou Sara Haider, gerente sênior de engenharia do Twitter, em comunicado. Haider afirmou que o Twitter não possui nenhum plano para descontinuar o Periscope. No ano passado, a plataforma de vídeos afirmou que tinha cerca de 10 milhões de usuários.

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade

Compartilhe

Comente