Twitter e Facebook registram alta nos lucros e receitas…

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Twitter e Facebook registram alta nos lucros e receitas…

... os preparativos para a estreia de Chaves no Multishow e outros trends desta quinta-feira, 26


26 de abril de 2018 - 7h58

Em balanço divulgado nesta quarta-feira, 25, o Twitter voltou a registrar lucro. No primeiro trimestre de 2018, a plataforma teve ganhos de US$ 61 milhões. O primeiro lucro da empresa havia sido registrado no final de 2017 quando os ganhos foram de US$ 91 milhões.  O microblog teve no período um adicional de 6 milhões de usuários.

Falando em resultados, o Facebook também divulgou seu balanço e, mesmo em meio aos escândalos de uso de dados de forma ilegal por parte da Cambridge Analytca, a plataforma registrou uma alta de quase 50% na receita para US$ 11,9 bilhões e o lucro no período cresceu de US$ 3 bilhões para US$ 5 bilhões. A plataforma fechou o período com 1,45 bilhão de usuários ativos…

…ainda sobre o Facebook, a empresa lançou no Brasil o aplicativo “Facebook Local”, o objetivo é encontrar coisas ao redor por meio de geolocalização como eventos, restaurantes, serviços e empresas. A busca pode ocorrer por meio de interesses, pesquisas em um local específico nas imediações por meio de um mapa interativo  e até mesmo pela criação e gerenciamento de uma agenda de atividades.

O Multishow está planejando a festa de relançamento de Chaves e Chapolin. De acordo com o blog da Cristina Padiglione, no UOL, o canal pretende trazer o elenco ao Brasil e promover sessões de cinema para a estreia. Exibidos há mais de 30 anos pelo SBT, na TV aberta, os seriados foram comprados pelo Multishow em janeiro.

O comando no aplicativo 99 deixará de ser brasileiro. Peter Fernandez, então CEO, dará lugar a Tony Qiu. Isso ocorre após a Didi Chuxing, empresa chinesa de mobilidade, ter comprado o 99 por US$ 960 milhões em janeiro.

O YouTube divulgou novas ferramentas que possam restringir acesso de filhos a conteúdo inadequado na plataforma. A partir de agora, a empresa permitirá que o acervo seja checado por uma equipe humana que seja apropriado a esse público.

Publicidade

Compartilhe

Comente