Stories deve ultrapassar o feed de notícias até 2019, projeta Facebook

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Stories deve ultrapassar o feed de notícias até 2019, projeta Facebook

Atenta ao crescimento do formato, a empresa acaba de lançar o formato vertical de anúncios para todos os anunciantes globalmente


26 de setembro de 2018 - 11h24

 

O Facebook estima que o uso do formato vertical Stories vai ultrapassar o  do feed de notícias até 2019. De olho no crescimento orgânico que o formato têm apresentado nos últimos meses, a plataforma ainda anuncia, nesta quarta-feira, 26, o lançamento de formatos verticais de anúncios para todos os anunciantes globalmente – desde grandes anunciantes até pequenos negócios locais. O recurso até então estava em fase de testes no Brasil, México e Estados Unidos. Entre as marcas brasileiras que já testaram o formato estão Consul e Chevrolet.

A compra de anúncios é feita pelo Ads Manager, onde anunciantes têm a opção de publicar seus anúncios no Instagram e no Facebook Stories. Na interface, marcas podem acessar recursos que adaptam campanhas para o formato vertical. De acordo com uma pesquisa da plataforma com cerca de 1600 usuários usuários brasileiros, 68% das pessoas utilizam o formato Stories pelo menos uma vez por semana em pelo menos três plataformas da empresa – Facebook, Instagram, Messenger e WhatsApp.  Mais da metade dos usuários ainda diz se interessar por promoções e conteúdo rápido de marca divulgado através do formato.

O lançamento acontece um dia após os fundadores do Instagram, o americano Kevin Systrom e o brasileiro Mike Krieger, terem deixado a empresa.

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • Instagram

  • Kevin Systrom

  • Mike Krieger

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”