CNN Brasil anuncia Anthony Doyle como VP de distribuição

Buscar

Acontece no meio

Publicidade

CNN Brasil anuncia Anthony Doyle como VP de distribuição

Após 24 anos na Turner, o executivo chega a nova emissora de notícias brasileira, comandada por Douglas Tavolaro


15 de julho de 2019 - 16h17

Anthony Doyle (Crédito: divulgação)

Nesta segunda-feira, 15, a CNN Brasil apresentou Anthony Doyle como vice-presidente de distribuição do canal de notícias. O executivo, com sólida experiência na área comercial e administrativa de multinacionais, atuou por 24 anos na Turner, passando pelos cargos de vice-presidente regional de distribuição, entre 2001 e 2019, e diretor executivo de conteúdo, entre 2011 e 2014.

Além disso, Doyle foi responsável pela distribuição de 16 canais no Brasil, em parceria com operadoras de TV por assinatura, serviços de OTT e streaming com empresas de telecomunicações, venda de conteúdo para TV aberta e desenvolvimento de novos produtos com a área de novos negócios. Ao longo de sua carreira, o executivo também já negociou acordos pan-regionais, em parceria com equipes no Chile, México e Argentina e implementou a área de representação comercial para canais de terceiros no Brasil.

Douglas Tavolaro, CEO e sócio da CNN Brasil, comenta em nota: “Anthony Doyle é um profissional de extrema competência e excelência em resultados. Sua chegada à CNN Brasil significa muito para nós e agregará muito para a equipe”.

*Crédito da imagem no topo: Leontura/iStock

Compartilhe

  • Temas

  • Anthony Doyle

  • Douglas Tavolaro

  • CNN Brasil

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”