Arezzo e Grupo Soma selam fusão e dão origem a negócio de R$ 12 bilhões

Buscar

Arezzo e Grupo Soma selam fusão e dão origem a negócio de R$ 12 bilhões

Buscar
Publicidade

Marketing

Arezzo e Grupo Soma selam fusão e dão origem a negócio de R$ 12 bilhões

Acordo entre as empresas foi assinado no domingo, 4; Alexandre Birman será o CEO da operação resultante

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


5 de fevereiro de 2024 - 8h59

(Crédito: Divulgação)

Arezzo e Grupo Soma assinaram, neste domingo, 4, o acordo de fusão entre as companhias. Com isso, formam uma holding que terá faturamento de aproximadamente R$ 12 bilhões e lucro líquido de R$ 700 milhões.

Ambas as empresas haviam confirmado que as tratativas estavam novamente em curso, depois que, em 2021, Alexandre Birman sinalizou interesse em adquirir o Grupo Soma. Na época a empresa havia acabado de comprar a marca Hering. As negociações, no entanto, não avançaram pois nenhuma das partes chegaram a um alinhamento de objetivos.

Na nova configuração, cujo nome será definido, Alexandre Birman, CEO da Arezzo, assumirá o posto de CEO, enquanto Roberto Jatahy, presidente do Grupo Soma, será o CEO de business unit de vestuário feminino. Rony Meisler permanecerá como CEO da AR&Co e Thiago Hering seguirá como CEO da Hering.

De agora em diante, o conglomerado soma 34 marcas — entre as quais Animale, Farm, Reserva, Hering, Cris Barros e Maria Filó — e 2.057 lojas, sendo 37% delas franquias.

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Voa Brasil não vai financiar passagens a R$ 200

    Voa Brasil não vai financiar passagens a R$ 200

    O programa Voa Brasil irá organizar e expandir a visibilidade de passagens nessa faixa de valor já disponíveis pelas companhias aéreas

  • Dona do Burger King confirma tratativas para adquirir Starbucks

    Dona do Burger King confirma tratativas para adquirir Starbucks

    Zamp comunicou que vem tendo conversas sobre o direito de explorar a marca e desenvolver operações da rede de cafeterias no Brasil