Conselho da Netshoes aprova venda para Magazine Luiza

Buscar

Conselho da Netshoes aprova venda para Magazine Luiza

Buscar
Publicidade

Marketing

Conselho da Netshoes aprova venda para Magazine Luiza

Disputa com a Centauro pela aquisição do e-commerce de roupas chega ao fim após assembleia que obteve mais de 90% de aprovação


14 de junho de 2019 - 14h57

Crédito: divulgação

O conselho da Netshoes confirmou a compra da operação pelo Magazine Luiza em reunião desta sexta-feira, 14. A decisão põe fim à disputa pela aquisição do e-commerce entre a Magalu e Centauro. O valor final da ação foi de US$ 3,70 por ação, totalizando US$ 114,9 milhões.

Durante a assembleia, 90,32% dos acionistas que participaram votaram a favor da venda. Segundo fato relevante publicado na tarde desta sexta-feira, 14, a operação será concluída até quarta-feira, 19. Segundo analistas do mercado, dois ativos da Netshoes serão decisivos para o crescimento do Magalu no e-commerce: seu time de engenheiros e programadores e a quantidade de itens de vestuário que a empresa comercializa (área ainda pouco explorada pelo Magalu).

Cronologia
No final de maio, no mesmo dia em que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição da Netshoes pelo Magazine Luiza, o Grupo SBF, controlador da Centauro, emitiu um fato relevante afirmando que também estava no páreo para a compra. Na ocasião, a oferta da Centauro ultrapassava em US$ 27 milhões a da Magalu, de US$ 60 milhões. Já em 27 de maio, a Magalu elevou a oferta para US$ 93 milhões e, em 29 de maio, a Centauro afirmou que pagaria US$ 108,7 milhões pela Netshoes. B2W e Mercado Livre também haviam manifestado interesse o negócio.

*Crédito da imagem no topo: Naypong/iStock

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Talk com Môni aborda o luxo mais liberto de suas próprias amarras

    Talk com Môni aborda o luxo mais liberto de suas próprias amarras

    Em sua quarta edição, evento que acontece no JK Iguatemi discute redes sociais e influência no segmento que por muito tempo resistiu a tudo isso

  • Enel firma parceria com Confederação Brasileira de Vôlei

    Enel firma parceria com Confederação Brasileira de Vôlei

    Além da exposição em uniformes e competições, marca assume os naming rights do Centro de Desenvolvimento de Vôlei