Itaú Unibanco cria plataforma para combater fake news

Buscar

Itaú Unibanco cria plataforma para combater fake news

Buscar
Publicidade

Marketing

Itaú Unibanco cria plataforma para combater fake news

Iniciativa #ÉFake pode ser acessada no site da instituição e visa combater notícias falsas sobre o banco e sistema financeiro como um todo


4 de dezembro de 2023 - 15h17

O Itaú Unibanco apresenta uma iniciativa para combater notícias falsas sobre o banco e o setor financeiro como um todo. A plataforma #ÉFake monitora, rastreia e identifica fake news relacionadas à marca em diversos espaços, como sites, blogs, redes sociais e até mesmo grupos de mensagem.

fake news

(Crédito: Fake_News_Shutterstock)

O banco viabilizou o projeto por meio de parceria com o Q-Insider, plataforma da Quaest que faz a coleta e mineração de dados. Ao mesmo tempo, o time de Comunicação Corporativa da instituição é responsável pela curadoria e gestão da plataforma.

A plataforma pode ser acessada por meio do site do Itaú e oferece também um canal de mensagens instantâneas e via e-mail. O objetivo é viabilizar uma comunicação ágil dos clientes e usuários com as áreas comerciais e de atendimento ao cliente do banco. Contudo, é importante ressaltar que o grande público é o alvo da iniciativa. Ela está disponível a funcionários do Itaú Unibanco, investidores, jornalistas, entre outros.

Os perigos das fake news

Em nota, a superintendente de Comunicação Corporativa do Itaú Unibanco aponta que as fake news representam uma crescente ameaça tanto para a sociedade quanto para as empresas. Marcas renomadas são utilizadas para pulverizar mentiras e medo, segundo ela.

A executiva ressalta que “a integridade de marcas como a do Itaú depende da habilidade das empresas de promoverem uma comunicação ética, transparente e precisa”. Assim, a #ÉFake nasceu com o intuito de apoiar o banco nessa missão.

Um estudo realizado pelo Poynter Institute ao lado do Google mostra que 44% dos internautas brasileiros têm acesso diário a notícias falsas. Além disso, 65% dos brasileiros demonstram preocupação em relação ao impacto das notícias falsas em suas próprias vidas e nas de suas famílias.

Neste sentido, o Q-Insider também classifica e desmascara as notícias falsas que podem levar milhares de brasileiros a perder dinheiro por decisões equivocadas, conforme diz Felipe Nunes, sócio fundador da Quaest, em comunicado à imprensa.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

    Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

    Apresentação do cantor marcaria a abertura do espaço de eventos do Mercado Pago Hall; Mercado Livre adquiriu naming rights do local em janeiro

  • Surf: Dream Tour define patrocinadores para 2024

    Surf: Dream Tour define patrocinadores para 2024

    Prio, Gerdau e Estácio promovem as quatro etapas do principal campeonato de Surf do Brasil