L’Oréal adquire Aesop, da Natura&Co, por US$ 2,52 bilhões

Buscar

L’Oréal adquire Aesop, da Natura&Co, por US$ 2,52 bilhões

Buscar
Publicidade

Marketing

L’Oréal adquire Aesop, da Natura&Co, por US$ 2,52 bilhões

L'Oréal adquire Aesop em um movimento de fortalecer presença no mercado de luxo; para a Natura&CO, venda suporta sua desalavancagem financeira


4 de abril de 2023 - 12h06

A L’Oréal realizou a aquisição da Aesop, marca de cosméticos de luxo australiana antes pertencente à Natura&Co. O anúncio foi feito por meio de fato relevante emitido pela Natura&Co na última segunda-feira, 3.

L'Oréal adquire Aesop

A Aesop conta com cerca de 400 lojas pelo mundo (Crédito: Sorbis/Shutterstock)

Também, a companhia de capital aberto promoveu uma conferência ao mercado nesta manhã para dar mais informações sobre a venda, avaliada em US$ 2,525 bilhões. A transação será feita toda em dinheiro e concluída no terceiro trimestre deste ano, uma vez que ainda está sujeita a aprovações regulatórias usuais.

O comunicado aponta que a transação irá “suportar a desalavancagem financeira da Natura&Co e posicioná-la para focar em suas prioridades estratégicas, especialmente na integração na América Latina”.

Além disso, estão nos planos a otimização geográfica da Avon Internacional e a melhora contínua da The Body Shop – vendida pela L’Oréal à Natura&Co em 2017. O negócio era estimado em € 1 bilhão à época.

Segundo a Reuters, a transação faz parte de um movimento da gigante francesa em direção ao mercado de luxo. O segmento é um dos que os consumidores não sofrem tanto com os efeitos da crise econômica. A L’Oréal detém marcas como Lancôme, Yves Saint Laurent e Urban Decay.

A Aesop fez parte do portfólio do grupo brasileiro durante dez anos, desde que foi adquirida em 2012. Em março, a Natura &CO afirmou em uma teleconferência de resultados que as duas lojas da marca na China superaram as expectativas. As unidades foram inauguradas no final de 2022.

Ao todo, são 400 lojas ao redor do mundo. Ademais, a venda de fragrâncias “superou o mercado como um todo”, sobretudo no segmento premium. No ano passado, a receita da Aesop – a mais rentável do grupo – controu com US$ 537 milhões em vendas, 21% a mais do que em 2021.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Marcas de moda e beleza lideram investimentos em creators

    Marcas de moda e beleza lideram investimentos em creators

    Levantamento da BrandLovrs indica que mais da metade das campanhas com criadores de conteúdo da plataforma são realizadas por marcas de moda e beleza

  • Petlove questiona práticas do mercado pet em vídeo

    Petlove questiona práticas do mercado pet em vídeo

    Movimento “Petlove não vende” quer acabar com qualquer tipo de comercialização nociva ao bem-estar dos animais