Os sites que devem ser evitados na Black Friday, segundo o Procon

Buscar

Os sites que devem ser evitados na Black Friday, segundo o Procon

Buscar
Publicidade

Marketing

Os sites que devem ser evitados na Black Friday, segundo o Procon

Ranking conta com 78 sites que tiveram reclamações dos clientes; ideia é evitar golpes e fraudes na data de compras


23 de novembro de 2023 - 12h21

Procon visa proteger consumidores durante período de Black Friday (Crédito: Gabycampo / Adobestock)

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulgou uma lista com 78 sites que devem ser evitados na Black Friday, que acontece nessa sexta-feira, 24.

O ranking, publicado em ordem alfabética, levou em consideração empresas que tiveram reclamações de clientes, foram notificados, não responderam ou não foram encontrados. Alguns dos nomes aparecem no ranking mais de uma vez, com nome fantasia e CNPJ diferentes.

A proposta do Procon é auxiliar os consumidores a evitarem fraudes e golpes em uma das datas comerciais mais importantes do ano. A entidade também abriu um canal de reclamações específico para o período de Black Friday.

Confira a lista completa dos sites que devem ser evitados:

-123importados
-123multiofertas
-Acessível Modas Brás
-Agache Comercial
-Ascari Shop
-BMJ Baby
-Boa Vista Acabamentos
-Brasil Magazine
-Brezzy
-Caixa Misteriosa
-Casa Dona Tê
-Casa Kith
-Casa Mgazine Brasil
-Centro Ofertas
-Cintosbyhi
-Cogumelos Shop
-Comandante das Ofertas
-Compufree
-Dbelle Store
-Descontos Brasileiro
-Dutra Metais
-Equipamentos Rodrigues
-Everest Group
-Fábrica Authenticité
-Fábrica Shoes
-Faz Eventos SP
-Feme
-Fly Store Brasil
-Frozen Shop
-Gel Niche
-Giga Varejo
-Hofferta
-Iluminim
-LBA Shop
-Legging Brasil
-Lewado Imports
-Liquida Shoes
-Logus Apostilas
-Loja Atlantis
-Loja Best Varejos
-Lojs Condi
-Loja Digi Varejista
-Loja Dubai Imports
-Lojas LKD
-Loja Vitesse
-Lovely Box
-Lua di Shop
-Lux Decorações
-Magazine Al
-Magazine dos Atacados
-Magazine Store
-Magazine Mulher
-Moby Eletro
-Nuvem de descontos
-Ofertas store.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Cade aprova a compra do Playcenter pela Cacau Show

    Cade aprova a compra do Playcenter pela Cacau Show

    Rede de chocolates adquiriu a empresa de entretenimento com o foco de ingressar no setor de experiências

  • Vult entra no segmento de produtos para cabelos

    Vult entra no segmento de produtos para cabelos

    Marca de beleza amplia atuação, colocando no mercado mais de 50 diferentes produtos para contemplar a diversidade brasileira