A internet é energia

Buscar
Publicidade

Ponto de vista

A internet é energia


21 de junho de 2011 - 11h48

Quero comentar sobre a Internet, mas não sobre ela diretamente e sim do gás que ela dá para as mídias já estabelecidas.

No caso da mídia impressa em geral, apontada como vítima inevitável da ascensão do conteúdo gratuito, vemos Revistas e Jornais pelo iPad com uma dinâmica e uma entrega de mídia (conteúdo e comercial) muito melhor do que o padrão anterior.

O Rádio também, com o advento da Internet, consegue propiciar uma cobertura geográfica sem barreiras, um diálogo com o ouvinte bem além da escolha da música preferida e um potencial extraordinário de cobertura comercial casada; muito embora ainda minimamente explorada pelos anunciantes e agências.

A TV Aberta, erroneamente (ou emocionalmente) classificada como a vítima seguinte, também já convive com o poder da audiência simultânea, do aprofundamento do tema durante e pós programas, do buxixo das redes sociais e tudo isso leva a uma forte realimentação do sistema.

A TV por Assinatura, hábil como Revistas em construir targets, logo enxergou o potencial de extensão da audiência online e consegue viabilizar mais facilmente promoções e aproximações com a audiência.

Até a mídia Digital Out-of-Home encontrou na Internet, junto com o Celular, o elo perfeito para a interatividade e a possibilidade de falar mais próximo com audiências distintas.

Nesse novo parque de comunicações, a própria Internet, à la Zelig do Woody Allen, se transforma em um pouco de cada meio: ela antecipa os filmes que serão sucessos na TV paga, ela procura dar notícias antes do rádio, ela faz com que as manchetes dos jornais ou das revistas de informação fiquem velhas mais cedo, ela sugere rádios online, ela transmite futebol, ela acompanha as celebridades, vira um ótimo canal de música e por aí vai.

Quem fechar os olhos será engolido.

Quem surfar junto e tiver qualidade de conteúdo pode ter uma vida longa.

Com toda essa amplitude de novas funções, serviços, hábitos e sentidos, a Internet proporciona um verdadeiro banho de luz na mídia estabelecida.

Geraldo Leite é diretor geral da Singular Arquitetura de Mídia
geleite@sing.com.br

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Trabalho: 4 em cada 10 profissionais LGBT+ já sofreram discriminação

    Dado faz parte de levantamento feito para a iO Diversidade pelo Instituto Locomotiva e QuestionPro

  • Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Os planos da Sadia para cativar os consumidores do futuro

    Marca da BRF investe em música, com Lollapalooza, esporte, com a NBA, e novidades no portfólio para se conectar com o público jovem e a geração Z