Instagram prepara app para concorrer com Twitter

Buscar

Instagram prepara app para concorrer com Twitter

Buscar
Publicidade

Mídia

Instagram prepara app para concorrer com Twitter

Aplicativo baseado em textos ainda não tem nome definido e permitirá que usuários façam postagens de até 500 caracteres com links e mídia


22 de maio de 2023 - 14h17

Instagram e twitter

Rede social do Instagram alternativa ao Twitter ainda não tem data de lançamento (Crédito: Shutterstock)

Desde que Elon Musk assumiu a liderança do Twitter no ano passado, surgiram manifestações em torno do surgimento de um app semelhante que pudesse ser um potencial concorrente.

A Meta deu um passo em sua estratégia de plataformas descentralizadas com o Instagram. A empresa, agora, prepara o lançamento de um aplicativo semelhante ao do Twitter.

As novidades foram anunciadas por Lia Haberman, CMO do Fit Body App, em sua newsletter. A partir de informações que parecem ter sido vazadas da companhia, o codinome do app, até o momento, é P92. A nova plataforma também é chamada de Barcelona, de maneira alternativa.

A proposta da nova rede social deverá se parecer com uma mistura entre o Instagram e o Twitter, conforme classifica o The Verge. O serviço permitirá que usuários realizem postagens em texto de até 500 caracteres. A atividade inclui ainda a possibilidade de anexar fotos, vídeos (de até cinco minutos) e links, bem como opções de interação.

As informações do usuário também poderão ser migradas de uma conta já existente no Instagram. No que diz respeito à segurança, a rede segue com as mesmas diretrizes de comunidade que já são aplicadas ao Instagram.

Além disso, a reportagem salienta que, em março, a Meta afirmou ao portal Platformer que estaria explorando uma rede social descentralizada autônoma para compartilhar atualizações de texto. Outros players do mercado já vem investindo na temática, como é o caso do Mastodon e do Bluesky, que surgiram com propostas alternativas ao atual Twitter. O mesmo caminho deverá ser seguido pela nova plataforma do Instagram.

O slide divulgado por Lia Haberman mostra que em algum momento o app será compatível com outras plataformas, permitindo o alcance de novas audiências. Ademais, a big tech afirma que os creators poderão ser elegíveis para terem conteúdo entregue a pessoas que ainda não necessariamente os seguem na rede sociais.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Câmara dos EUA aprova lei que pode banir TikTok do país

    Câmara dos EUA aprova lei que pode banir TikTok do país

    Medida obriga a ByteDance a vender sua participação na plataforma em um período de um ano; políticos alegam que o TikTok compartilha dados de usuários americanos com o governo chinês

  • Para Samsung, share ideal para TV conectada é 30%

    Para Samsung, share ideal para TV conectada é 30%

    No estudo Rule of 30, Samsung Ads aponta que marcas deixam de impactar metade dos consumidores quando investem em TV linear