Fenapro aponta retomada de negócios no trimestre

Buscar

Comunicação

Publicidade

Fenapro aponta retomada de negócios no trimestre

Nesta edição do estudo Van Pro, 61,5% das agências declararam um melhor ambiente de negócios quando comparado ao mesmo período de 2016

Teresa Levin
24 de outubro de 2017 - 17h08

O terceiro trimestre de 2017 foi melhor que o mesmo período de 2016 para  61,5% das agências do mercado publicitário. O dado foi levantado pela Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro) no indicador Visão de Ambiente de Negócios em Agências de Propaganda (Van Pro), lançado pela entidade com o intuito de acompanhar trimestralmente o clima para o desenvolvimento de negócios e as expectativas do setor ao longo do ano. A terceira onda da pesquisa trimestral, referente ao 3º trimestre, de uma maneira geral apresenta uma retomada de negócios e de otimismo por parte das agências de propaganda.

O estudo mostrou ainda que a expectativa de melhora para o 4º trimestre também cresceu em relação ao 3º trimestre, saltando de 35% para 38,8%. Apesar disso, ainda não alcançou o índice observado no final do 1º trimestre, quando mais de 43% das agências esperavam uma melhora para o trimestre seguinte. Entre as regiões, a mais otimista é a Sudeste, com 42,3% das agências apontando prováveis melhoras nos últimos três meses do ano.

O Van Pro também avaliou a visão das agências em relação ao fechamento do ano. Para 65,5% delas, este ano fechará melhor que o anterior; apenas 19,3% declararam perspectiva de piora. O número já era positivo nos trimestres anteriores: no 1º, 59,1% das agências declararam que esperavam um ano com resultados mais positivos que 2016, enquanto no 2° este número foi de 58,2%. A região mais otimista com relação ao fechamento do ano é a Centro-Oeste (90%) e a menos otimista é o Sudeste (60,6%). A Fenapro observa que todas as regiões ficaram com nível de otimismo acima de 60% pela primeira vez no ano.

Para Glaucio Binder, presidente da Fenapro, os resultados da pesquisa VAN Pro no 3º trimestre refletem a melhora de humor do mercado como um todo. “Gerando esperança de um fim de ano mais positivo para as agências e um 2018 bem melhor que o biênio 2016/ 2017”, observou.

O Van Pro também avaliou a realização de concorrências e licitações e este número caiu em relação aos seis primeiros meses do ano: no 1º trimestre, 43% das agências disseram ter havido um incremento de concorrências e licitações, enquanto no 2º trimestre este número foi de 44,8%, e agora, no 3º trimestre, de 38,3%. As agências também apontaram os segmentos de maior destaque no cenário atual: Serviços aparece como o que gera as melhores perspectivas, seguido por Comércio e Indústria.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Gláucio Binder

  • Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro)

  • Agencias

  • economia brasileira

  • mercado

  • mercado publicitário

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”