Ex-UOL, Rodrigo Flores vai para fintech C6

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Ex-UOL, Rodrigo Flores vai para fintech C6

Executivo vai coordenar área de conteúdo e prepara lançamento de vertical sobre mercado financeiro


6 de novembro de 2018 - 19h24

Rodrigo Flores, novo head de conteúdo da C6 (Crédito: Lucas Lima/UOL)

Rodrigo Flores, diretor de conteúdo do UOL desde 2011, está se despedindo da casa onde já está há quase 20 anos. Em seu lugar, assume Murilo Garavello, manager de parcerias de mídia do Facebook que também passou pelo UOL em diversas posições: editor de notícias, gerente-geral de esportes e gerente-geral de inovação e produtos especiais.

Rodrigo aguardou o processo eleitoral para passar o comando e agora segue para o banco digital C6, onde será head de conteúdo. A nova fintech foi criada em março deste ano por Marcelo Kalim, Carlos Fonseca e Leandro Torres, ex-sócios do BTG Pactual.

Na nova posição, Rodrigo deverá cuidar também do desenvolvimento de um novo veículo voltado à cobertura do mercado financeiro. “Os valores de independência, apartidarismo, pluralidade e espírito crítico tão arraigados ao Grupo Folha vão me acompanhar nos proximos projetos, para toda a vida. Foi um orgulho fazer parte do grupo e do UOL durante tanto tempo, onde se faz o melhor jornalismo deste país”, diz Rodrigo.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • uol

  • BTG Pactual

  • Carlos Fonseca

  • Rodrigo Flores

  • Grupo Folha

  • Marcelo Kalim

  • Leandro Torres

  • C6

  • Murilo Garavello

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”