Antes da Vivo, ATL usou Eduardo e Monica

Buscar

Antes da Vivo, ATL usou Eduardo e Monica

Buscar
Publicidade

Comunicação

Antes da Vivo, ATL usou Eduardo e Monica

Antiga operadora de celular também fez um comercial, mesclando os telefones na história dos personagens da canção do Legião Urbana


9 de junho de 2011 - 5h31

Com apenas um dia no ar, a Vivo conseguiu atingir um dos maiores objetivos de uma marca ao lançar uma campanha publicitária: fazer sucesso. O videoclipe da música Eduardo e Mônica, produzido especialmente para o Dia dos Namorados, já se tornou um sucesso na web, contabilizando mais de 1,6 milhões de visualizações. O nome da música ocupa também as primeiras posições do Trending Topics Mundial do Twitter há mais de 24 horas.

A letra de uma das músicas mais famosas do Legião Urbana virou uma história filmada pela produtora 02. No filme, o amor do improvável casal – que, a princípio são duas pessoas completamente diferentes, mas que se aproximam pelo fato de não existir “razão nas coisas feitas pelo coração” – ganha o apoio de celulares, tablets e smartphones da operadora.

Acontece que a Vivo não foi a primeira companhia telefônica a utilizar a canção de Renato Russo misturada ao universo dos celulares. No ano 2002, a antiga operadora ATL Celular – que atuava nos mercados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo e que, posteriormente, foi adquirida pela Claro – também aproveitou o sucesso do Legião Urbana em uma campanha.

Similar ao roteiro criado pela Africa para a Vivo, a campanha da ATL Celular também apresentava um Eduardo e uma Mônica, que se aproximaram com a ajuda de telefones celulares. Na época, a conta publicitária da ATL Celular era atendida pela agência Salles D’Arcy (atual Publicis). Essa campanha foi criada por Ricardo Jones, Rodolfo Sampaio e Carlos Eduardo Lopes, com direção de criação de Rodolfo Sampaio.

Apesar de seguir o roteiro da letra e registrar os momentos do casal, os filmes têm algumas diferenças. A principal delas é a própria canção, que, no comercial da ATL Celular, não é interpretada pelo Legião Urbana e é utilizado somente um trecho da música e não a versão integral, como no videoclipe da Vivo.

Pelo filme, tudo indica que a campanha da ATL com Eduardo e Mônica também tenha sido criada para o Dia dos Namorados. Ao final do filme, a narração diz: “Se você também encontrou um amor de verdade, não saia de perto dele. Compre um ATL novo de presente e leve um celular com um perfil que você escolher por R$ 199 e fale em todo o Brasil com qualidade digital.”

Quando teve a ideia do videoclipe, a Africa fez uma pesquisa na internet encontrou mais de 90 diferentes versões de Eduardo e Monica. Por ter sido postado no site de compartilhamento de vídeos YouTube somente agora, o antigo comercial da ATL Celular não era conhecido pela equipe de criação da Africa. Apesar da coincidência já estar sendo comentada pelos usuários do Twitter, o clima na Africa é de comemoração pelo sucesso do clipe da Vivo.

Versão da Vivo

 Algum tempo depois da polêmica em torno do comercial da ATL começar, a Vivo decidiu se manifestar, encaminhando um comunicado à imprensa no qual afirma que, ao lançar o clipe de Eduardo e Mônica, não tinha nenhum conhecimento sobre a existência do filme da ATL. A operadora de celular também ressalta que a sua ação não foi criada somente para o Dia dos Namorados, como o filme da extinta operadora ATL, mas sim que o videoclipe faz parte de uma plataforma mais ampla de ações, que têm como eixo o conceito "O amor nos conecta, a conexão transforma". Na mesma nota, a Vivo faz questão de frisar que foi a única a adquirir os direitos autorais e fonográficos da música Eduardo e Mônica.

Assista ao vídeo do comercial da ATL Celular:
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Com Omo, Vinicius Jr amplia time de parcerias publicitárias

    Marca da Unilever escolhe jogador para celebrar duas décadas da campanha Se Sujar Faz Bem; Clear, Nike, Gatorade são outros anunciantes a firmar parceria com o craque nos últimos dias

  • Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    Volkswagen mantém conta de mídia global na PHD

    A PHD, operação do Omnicom, manteve a conta de mídia do grupo Volkswagen após participar de processo de concorrência