Como é a publicidade da marca mais valiosa do mundo?

Buscar

Como é a publicidade da marca mais valiosa do mundo?

Buscar
Publicidade

Comunicação

Como é a publicidade da marca mais valiosa do mundo?

Marca líder do ranking Global 500, da Brand Finance, Apple também se destaca pela comunicação publicitária de seus produtos


29 de janeiro de 2024 - 6h00

FKA Twigs estrelou o comercial “Welcome Home”, dirigido por Spike Jonze em 2018 (Crédito: Divulgação)

Depois de ter perdido o lugar de marca mais valiosa do mundo para a Amazon em 2023, Apple voltou ao topo da lista do ranking Global 500 da Brand Finance.

Apresentado no mês de janeiro durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, o relatório apontou que o valor da marca da Apple cresceu 74%, indo de US$ 219 bilhões para US$ 516,6 bilhões.

Reconhecida globalmente pelo design de seus produtos, a big tech também valoriza o investimento em comunicação, ainda que não esteja entre os 25 anunciantes que mais investem em publicidade globalmente.

Segundo o World’s Largest Advertisers de 2023, publicado pelo Ad Age, a marca figura no 72º lugar da lista das empresas que mais investem em anúncios no mundo — posição que está muito distante da Amazon, quarta marca mais valiosa e a que mais investe em publicidade.

Mesmo assim, a criatividade da Apple é reconhecida por festivais como o Cannes Lions há anos. Algumas das campanhas mais celebradas da companhia são criadas in-house, enquanto outras são feitas por agências como a TBWA\Media Arts Lab.

O relacionamento da Apple com a rede TBWA é antigo: é da Chiat\Day (a agência foi adquirida pela rede TBWA em 1995) um dos comerciais mais icônicos da marca — e da publicidade: “1984” tem direção de Ridley Scott e foi criado por Lee Clow para divulgar o Macintosh no intervalo do Super Bowl.

Do comercial de 1983 que fazia menção à obra mais famosa de George Orwell para o século 21, muita coisa mudou na Apple — internamente, em seu portfólio de produtos e, claro, no tom de sua comunicação, que hoje transita por universos variados de formatos e linguagens.

Na edição de 2023, a empresa conquistou 2 Grand Prix: um em Film com “R.I.P. Leon”, parte da campanha “Relax, it’s iPhone”, criada pela TBWA\Mal; e outro em Entertainment Lions for Music com “The Greatest”, filme criado in-house pela equipe da empresa em Cupertino, na Califórnia.

Em 30 segundos, “R.I.P. Leon” conta, sem diálogos falados (apenas as mensagens trocadas pelo iPhone) uma história bem-humorada sobre a morte de Leon, um lagarto.

Já “The Greatest” fala sobre os recursos de acessibilidade dos produtos da Apple. Dirigido por Kim Gehring, da produtora Somesuch, o filme também conquistou o Emmy Awards na categoria Outstanding Commercial, em janeiro.

Em tom mais emocional e com duração mais longa, a big tech contou uma história de Natal embalada por Isn’t It a Pity, de George Harrison. Com direção de Lucia Aniello, da TBWA\Media Arts Lab e stop-motion de Anna Mantzaris, o filme utilizou a câmera do iPhone 15 Pro Max para filmar a animação.

Também criado pela TBWA\Media Arts Lab, “Welcome Home” tem direção de Spike Jonze e é estrelado pela cantora FKA Twigs. O comercial promoveu o lançamento do HomePod.

Por fim, o mais novo filme do case “Relax, it’s iPhone”, segue a mesma linha bem-humorada dos anteriores. Desta vez, um pai preocupado com a filha que acaba de aprender a dirigir, se vê aliviado quando vê – por meio do check-in automático do iPhone – que ela chegou sã e salva.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Consul “limpa” patrocínios da camisa do Juventus

    Consul “limpa” patrocínios da camisa do Juventus

    Ação desenvolvida pela DM9 tirou todas as marcas para mostrar a camisa que comemora o centenário do clube como ela seria originalmente

  • Ator de The Office abre papelaria e dá brindes aos clientes do Nubank

    Ator de The Office abre papelaria e dá brindes aos clientes do Nubank

    Iniciativa faz parte da continuação da campanha Planos no Papel estrelada pelo ator em parceria com o banco