ESG e indústria da comunicação: avanços e desafios

Buscar

ESG e indústria da comunicação: avanços e desafios

Buscar
Publicidade

Comunicação

ESG e indústria da comunicação: avanços e desafios

Dilma Campos assume o posto de head de ESG na B&Partners.co e avalia que este é o momento propício para o mercado se engajar nas pautas de meio-ambiente, social e governança


7 de fevereiro de 2023 - 16h54

A B&Partners.co, grupo dono de empresas como BFerraz, New Vegas, Snack, Plug In e outras, criou o cargo de head de ESG, cuja missão será planejar e implementar as estratégias de todas as empresas do grupo em torno das pautas de meio-ambiente, social e governança.

Para assumir o posto, o grupo escalou Dilma Campos, CEO e sócia-fundadora da Outra Praia, agência do grupo que atua na área de economia regenerativa.

Dilma vem se dedicando de forma mais aprofundado aos estudos e à especialização no tema do ESG, sobretudo na questão da inclusão racial, área na qual ela direciona seus esforços já há alguns anos. A executiva irá acumular o posto de head de ESG do grupo com a liderança dos negócios da Outra Praia.

“No momento em que estamos, de urgência do tema ESG para o avanço da nossa sociedade, me chama a atenção empresas e pessoas que valorizam essa questão e, principalmente, entendem que é algo a ser feito imediatamente. Me senti pronta a aceitar o desafio que a B&Partners.co propôs pelo posicionamento da network em ser uma líder em ESG nos próximos anos”, diz a executiva.

Bazinho Ferraz, CEO, founder & partner da B&Partners.co, conta que a companhia acompanhou o crescimento da pauta ESG em todos os mercados. “Como parceiros de diferentes negócios, temos um potencial enorme de impulsionar boas práticas que podem apoiar a transformação da indústria do marketing, vendas e tecnologia como um todo. A chegada da Dilma, com toda sua experiência no tema, vai nos ajudar a acelerar esse processo de forma estruturada”, acredita.

ESG para os próximos 5 anos

Dilma conta que vem trabalhando no planejamento das ações da nova área há quatro meses e que, nesse período, a companhia procurou mapear os projetos que julga importantes para construir um plano de ação pelos próximos cinco anos.

“Iniciamos o programa com uma formação sobre branquitude e estamos desenvolvendo grupos de trabalho para que essa construção seja feita de forma colaborativa, com todas as pessoas. Além disso, vamos ampliar o programa de reciclagem que já realizamos com foco em zerar as emissões de carbono”, planeja.

A evolução do ESG na indústria da comunicação

Dilma avalia que a indústria da comunicação está em um momento propício para avançar na pauta ESG, apesar de as empresas se encontrarem com diferenças de maturidade e desafios a serem alcançados.

A head de ESG do B&Partners.co aponta que, quando se olha para os fornecedores do ecossistema, por exemplo, ainda há um caminho a percorrer em termos de adoção de melhores princípios.

E, segundo ela, é nesse ponto que a network, como fornecedora de marcas e empresas do País, vem se esmerando para se adequar e espelhar as boas práticas para o setor.

O E, o S e o G

Questionada sobre o grau de avanço dos três principais pilares do ESG na indústria da comunicação, Dilma avalia que ainda não há maturidade em nenhuma das áreas, mas que as discussões recentes em torno de diversidade e inclusão geraram um avanço nas questões sociais e uma urgência por mais atenção à pauta ambiental.

“A sociedade e o mercado passam a ser pautados pelo tema da regeneração e a demanda que se destaca é: como vamos regenerar nosso meio ambiente para garantir os próximos passos da existência humana?”, questiona.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Mosaico Media expande negócios com operação no Rio

    Mosaico Media expande negócios com operação no Rio

    Escritório será o quinto no País da agência especializada em comercialização de espaços publicitários

  • Campanhas da Semana: mulheres e protagonistas

    Campanhas da Semana: mulheres e protagonistas

    Cadilac conta com Ingrid Silva como estrela de campanha global e Dove questiona estereótipo criado sobre o corpo da mulher