André Paes de Barros deixa a LDC

Buscar

Comunicação

Publicidade

André Paes de Barros deixa a LDC

Ele era sócio e vice-presidente de operações da agência, onde estava havia 11 anos


15 de fevereiro de 2016 - 11h51

Após 11 anos como um dos sócios da Loducca (atual LDC), André Paes de Barros está deixando a agência. Os funcionários foram comunicados de sua saída na manhã desta segunda-feira 15.

A adoção da marca LDC foi apenas uma das grandes mudanças pelas quais passou a agência nos últimos meses. Em agosto, Celso Loducca anunciou a venda das ações (23% do total) que ainda mantinha na empresa que fundou em 1995. Na ocasião, comunicou seu desligamento da agência e a passagem da presidência ao então sócio e vice-presidente de criação Guga Ketzer.

Em novembro, o controle acionário da LDC mudou de mãos, com a venda de 100% do Grupo ABC para o gigante norte-americano Omnicom. Com a operação, o Omnicom passou a deter 83,5% das ações da agência.

Com Ketzer na presidência, a agência passou a se chamar LDC, preservando as consoantes da marca anterior, com o intuito de evidenciar que a essência da casa seria preservada. O novo comando, que, de fato, já conduzia o dia-a-dia da Loducca, seria completado pelos três sócios e vice-presidentes: André Paes de Barros (operações), Daniel Chalfon (mídia) e Ken Fujioka (planejamento). Mesmo após a venda para o Omnicom, os quatro dirigentes que permaneceram na LDC mantinham juntos 16,5% das ações da agência: Ketzer, Chalfon e Paes de Barros tinham 5% de participação cada, e Fujioka detinha 1,5%.

Paes de Barros, conhecido pelo mercado como PB, começou a carreira em 1992 na Y&R. Assumiu a vice-presidência de novos negócios da J. Walter Thompson em 2001. No ano seguinte, fez parte da primeira equipe da Africa, como diretor de negócios. Em novembro de 2004, começou na atual LDC, quando a agência se chamava Loducca22. Pouco depois, junto com Celso Loducca, negociou a venda de 20% da empresa para o Grupo ABC, que, em 2008, viria a adquirir o controle acionário, ao ampliar a sua participação para 51%. PB é reconhecido como um dos principais profissionais de atendimento do mercado, tendo conquistado o Prêmio Caboré nesta categoria em 2010.

wraps

Publicidade

Compartilhe