PJ anuncia o fim da POD no Brasil

Buscar
Publicidade

Comunicação

PJ anuncia o fim da POD no Brasil

Depois de ter sido incorporada pela LDC, em março, Pereira & O’Dell encerra atividades no País

Bárbara Sacchitiello
9 de maio de 2016 - 12h39

PJ-Pereira

PJ Pereira com o Grand Prix conquistado em 2013 em Cannes (Crédito: Eduardo Lopes)

A operação brasileira da Pereira & O’Dell chega ao fim. PJ Pereira, sócio-fundador e CCO da agência, usou seu perfil no Facebook para comunicar o encerramento das atividades da agência no Brasil. “Essa semana foi a última da POD no Brasil. Espero que vocês que passaram por ela – funcionários, executivos e clientes – tenham se divertido, aprendido ou descoberto alguma coisa interessante e feito algo de que possam se orgulhar. Boa sorte nas próximas empreitadas e que as lembranças, no final, pendam para o lado bom”, escreveu PJ.

No final de março, Meio & Mensagem publicou que a Pereira & O’Dell seria absorvida pela LDC (ambas são controladas pelo Grupo ABC). Esse seria o primeiro movimento da holding após a aquisição pelo grupo Omnicom, anunciada no ano passado. Na ocasião, foi apurado que outros movimentos poderiam ocorrer para diminuir o número de agências do Grupo ABC no Brasil e também para adicionar empresas às redes globais do Omnicom.

Procurada pela reportagem, a LDC disse que deverá ter nos próximos dias informações acerca dos destinos das contas que estavam na POD e dos principais executivos da empresa absorvida. Ainda não há informações se os diretores e funcionários da POD serão integrados à operação da LDC ou não.

No mesmo texto, PJ descarta a possibilidade de reabrir o escritório da Pereira & O’Dell no País. “Não tenho planos de reabrir a agência no Brasil no curto prazo. No futuro, quem sabe, mas por enquanto vamos focar no mercado internacional”, disse.

Histórico
A Pereira & O’Dell foi fundada em 2008 em São Francisco por PJ Pereira e Andrew O’Dell, com investimento do Grupo ABC, e em 2013, abriu operações em São Paulo e Rio de Janeiro. O escritório do Rio de Janeiro foi fechado no ano passado no momento da incorporação da DM9Sul pela Pereira & O’Dell São Paulo.

O Grupo ABC seguiu como sócio majoritário da POD, com 51% das ações e, em julho do ano passado, a agência absorveu a operação da DM9Sul e passou a ser comandada pelo diretor-geral Marcio Callage, fundador da agência gaúcha. Callage tinha ao seu lado no comando da Pereira & O’Dell São Paulo Sophie Schonburg (criação), Ana Cortat (planejamento) e Claudia Schneider (atendimento). Pouco antes do anúncio da absorção da agência pela LDC, em março, Sophie foi anunciada como nova vice-presidente de criação da McGarryBowen.

A proposta era de que Callage seguisse para a LDC, que está com a vice-presidência de atendimento vaga desde a saída de André Paes de Barros. O destino do executivo, no entanto, assim como os de outros diretores e funcionários, ainda não foi confirmado.

Publicidade

Compartilhe