WPP anuncia fusão entre Burson-Marsteller e Cohn & Wolfe

Buscar

Comunicação

Publicidade

WPP anuncia fusão entre Burson-Marsteller e Cohn & Wolfe

Burson Cohn & Wolfe será comandada por Donna Imperato e terá Don Baer como chairman

Isabella Lessa
27 de fevereiro de 2018 - 14h40

O WPP anunciou nesta terça-feira, 27, a fusão entre as agências de relações públicas Burson-Marsteller e Cohn &Wolfe. Batizada de Burson Cohn & Wolfe, a empresa será liderada por Donna Imperato, até então CEO da Cohn & Wolfe. Don Baer, chair global e CEO da Burson, ocupará a função de chairman, prestando consultoria aos clientes da operação.

A BCW une a expertise de conteúdo criativo e guiado pelo digital da Cohn & Wolfe à força da Burson em relações públicas, crises corporativas e de gerenciamento. Com a junção das duas empresas, a operação torna-se uma rede com mais de 4 mil funcionários, distribuídos em 42 países.

“Nossa decisão de unir as duas agências é guiada pelo fato de terem capacidades fortes e compatíveis, além da habilidade de entregar soluções integradas em diversos setores em larga escala, podendo concorrer com as maiores agências de comunicação do mundo”, declarou Sir Martin Sorrell, CEO do WPP, em comunicado.

“O lançamento da Burson Cohn & Wolfe cria uma nova entidade no mundo da comunicação que oferece aos nossos clientes soluções digitais e integradas sem paralelos fincadas em earned media. Estamos energizados com as novas ofertas que traremos para nossos clientes e funcionários”, disse a CEO Donna Imperato, que, para assegurar uma integração fluida, formou um grupo com líderes sêniores de ambas as agências.

 

*crédito da imagem no topo: PeopleImages/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • wpp

  • Burson-Marsteller

  • Cohn & Wolfe

  • Donna Imperato

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”