Vivendi vende 10% da Universal Music para Tencent

Buscar

Comunicação

Publicidade

Vivendi vende 10% da Universal Music para Tencent

Por US$ 3,4 bilhões, empresa de tecnologia chinesa adquire participação minoritária na gravadora que trabalha com artistas como Billie Eilish


6 de janeiro de 2020 - 11h52

Tencent adquire 10% de participação no Universal Music Group, que trabalha com artistas como Billie Eilish (Crédito: Divulgação)

A Vivendi vendeu 10% do Universal Music Group à Tencent, empresa de tecnologia chinesa, por US$ 3,4 bilhões. Com o acordo, a companhia pode dobrar sua participação em 20% até janeiro 2021. Com sede em Santa Mônica, na Califórnia, a gravadora trabalha com artistas como Billie Eilish, Drake e Post Malone.

Também acionista majoritária da Havas, a francesa Vivendi anunciou planos de vender a Universal Music em julho de 2018. No relatório financeiro relativo ao terceiro trimestre de 2019, o grupo de mídia disse que estava negociando 10% das ações da Universal com a Tencent, e também revelou que planejava vender mais um share minoritário a outros parceiros.

Nos primeiros nove meses de 2019, a receita da Universal Music cresceu 15,6% e as vendas de streaming tiveram aumento de 23,4%. Em comparação, a receita da Havas cresceu 2,9% no mesmo período, enquanto o crescimento orgânico recuou 0,6%.

Em agosto de 2018, a Annex, agência do grupo Havas focada em cultura, fez parceria com o Capitol Music Group, parte da Universal, para impulsionar colaborações entre marcas e artistas. A iniciativa foi batizada de Annex Tower Creative.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • havas

  • Tencent

  • Vivendi

  • universal music group

  • annex

  • annex tower creative

  • música

  • share

  • Grupo de Mídia

  • participação minoritária

  • gravadora

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”