CTS Eventim e Sony Music venderão ingressos de shows no Brasil

Buscar

Marketing

Publicidade

CTS Eventim e Sony Music venderão ingressos de shows no Brasil

Empresas formam joint venture para criar plataforma de comercialização de bilhetes na América Latina. Operação tem início em São Paulo

Amanda Turchiari Boucault
13 de abril de 2016 - 15h13

eve_pos_rgb_72dpi_blueA alemã CTS Eventim, líder em desenvolvimento de softwares e distribuição de ingressos na Europa, anuncia parceria com a Sony Music Entertainment para formar a joint venture Eventim, que fornecerá serviços de venda de ingressos de shows e casas de espetáculos na América Latina.

No dia 26 de abril, a companhia coloca no ar o site (eventim.com.br) em que divulgará os eventos promovidos ao longo do ano. A plataforma adotará a mesma tecnologia e identidade visual apresentada pela CTS Eventim na Europa. Os consumidores poderão comprar os ingressos pela internet e aplicativos mobile. A empresa se beneficiará dos relacionamentos da Sony Music com artistas na América Latina, entre eles, Shakira, Enrique Iglesias, Ricky Martin e Roberto Carlos. A expectativa da Eventim é que em até três anos atinja a marca de cinco milhões de ingressos comercializados por ano em todas as plataformas. O evento de estreia do site não foi divulgado.

A CTS Eventim já foi a responsável pelo programa de ingressos da Copa do Mundo de Futebol de 2006, na Alemanha, dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Turim 2006 e de Sochi 2014. Após vencer um processo público de concorrência realizado este ano, do qual participaram companhias nacionais e estrangeiras, a empresa também será a fornecedora do sistema de ingressos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Esta operação, que posteriormente integrará a nova empresa, facilitou a acesso da joint venture ao mercado brasileiro.

“Quando você faz uma operação para um evento específico, prepara um sistema de trabalho para o país que pode ser aproveitado depois”, explica Fernando Cabral de Mello, CEO da Eventim. Para o executivo, a instabilidade econômica brasileira não representa um obstáculo para os negócios no País. “Nossa visão é algo de longo prazo. Há fatores independentes do momento econômico. O Brasil tem uma identidade musical e cultural muito forte, com mercado de música ao vivo muito robusto, que cada vez mais promove shows de artistas nacionais e internacionais. Atrelado a isso, está um grande público jovem interessado”, observa Mello.

A Eventim inicia sua operação latino-americana com sede em São Paulo e um escritório adicional em Salvador para atender as regiões Norte e Nordeste. No momento, a empresa está estudando os mercados do Cone Sul para futuramente abrir operações em outros países.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Shakira

  • RobertoCarlos

  • EnriqueIglesias

  • RickyMartin

  • CTSEventim

  • Eventim

  • SonyMusicEntertainment

  • música

  • Brasil

  • shows

  • ingressos