Conheça os três universos por trás do Rock in Rio

Buscar

Marketing

Publicidade

Conheça os três universos por trás do Rock in Rio

Agatha Areas, diretora de marketing do festival, detalha os conceitos que norteiam a organização do evento e seus diversos desdobramentos

Teresa Levin
14 de setembro de 2017 - 10h05

Agatha Areas, diretora de marketing do Rock in Rio (crédito: divulgação)

Sensações, conhecimento e inspiração. Esses são os três universos que envolvem todas as iniciativas em torno da marca Rock in Rio. Quem explica é Agatha Areas, diretora de marketing do Rock in Rio, que detalha, na entrevista abaixo, como esses conceitos se espalham pelas mais diversas ações em torno da marca e do festival em si, passando ainda por projetos como a Rock in Rio Academy.

Sensações

“Envolve experiências sensoriais que vão da própria música a investimentos que fazemos, por exemplo, na gastronomia. Neste ano, uma das novidades é o Gourmet Square, que terá até ar condicionado e chefs como Roberta Sudbrack e Pedro Benoliel. Passa também pela street dance, pelas artes cênicas na Rock Street África, pelo Rock District, onde teremos nossos ‘easter eggs’, como o short do Axl Rose, o morcego do Ozzy e uma série de outros elementos. Também rodamos o mundo pegando moldes de mãos de artistas que tocaram no Rock in Rio, sempre dois, um para nosso acervo e outro para leiloar no festival. Dentro das sensações teremos ainda este ano pela primeira vez a Rock Scent, a essência do rock, um aromatizador com cheiro de Rock in Rio, que remete ao otimismo, festa, postura positiva e alegria. Essa essência será vendida nas lojas e estará em 65 pontos de spray, máquinas com borrifadores automáticos, pela Cidade do Rock”

Conhecimento

“A forma mais estruturada de experiência de aprendizado e conhecimento é o Rock in Rio Academy que começou em 2015, foi para Portugal em 2016, e terá sua terceira edição na terça-feira, 19. É um programa de partilha de conhecimento totalmente estruturado. Dentro deste universo, também temos o programa de formação de equipe de apoio do festival. Tivemos 23 mil pessoas inscritas, das quais 800 foram selecionadas e, em agosto, durante quatro sábados, formamos essas pessoas para todas as áreas do festival, com cursos de coaching, oratória, postura profissional e também dos nossos valores”

Inspiração

“Queremos gerar experiências inspiradoras, transformadoras. Entre os principais exemplos disso estão os casamentos que realizamos durante o Rock in Rio. Eles são uma vertente da inspiração. Para essa edição foram 1.300 inscritos e sete selecionados. Damos muito carinho, mimo para a noiva e o noivo, que levam dois padrinhos de cada lado. E ganham vestido, terno, bolo, cabeleireiro, champanhe, uma banda tocando. É transformador para eles e para nós também, assim como para o público. Na edição passada, uma excursão da Paraíba com 50 pessoas veio acompanhar um casamento. Eu me emociono. Sou madrinha de três casamentos que aconteceram na Cidade do Rock. Em outra vertente, teremos neste ano o Game XP e o Digital Stage, que são demandas e desejos de interesse do nosso público. Com o Digital Stage, por exemplo, queremos trazer para o mundo real aquilo que normalmente fica circunscrito ao virtual, ressaltar a importância e benefícios da tecnologia, mas lembrando que relações humanas são essenciais, têm propósito por trás. Vamos também, de algum forma, mostrar que esses influenciadores são pessoas de carne e osso e que gostam de conviver e olhar no olho, com emoções reais e presencialmente”

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Agatha Areas

  • Rock in Rio

  • marketing

  • música

  • marketing cultural

  • Rock in Rio