Carnaval em casa: Devassa e Ball Corporation propõem alternativas

Buscar
Publicidade

Marketing

Carnaval em casa: Devassa e Ball Corporation propõem alternativas

Marcas promovem iniciativas sociais e movimentos históricos e culturais para aproveitar a folia

Valeria Contado
25 de fevereiro de 2022 - 13h07

Carlinhos Brown é um dos artistas do Paredão Tropical (Crédito: Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, ainda por conta da pandemia causada pela Covid-19, o Brasil não terá blocos de Carnaval nas ruas. E foi pensando nisso que a Ball Corporation deu início ação que tem como objetivo angariar cestas básicas para os catadores, que sem o evento, acabam perdendo grande parte de sua renda.

A marca se une a Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) e aos blocos Galo da Madrugada, Mulheres de Chico e Timbalada, além de contar com Rafael Portugal como um dos incentivadores, para convidar os foliões a enviarem, através das redes sociais, sugestões de músicas para serem incluídas em uma playlist no Spotify. A cada música sugerida, uma doação de R$20 em cestas básicas serpa direcionada a cooperativas.

Rafael Portugal convida os foliões a alimentar a playlist de Carnaval (Crédito: Divulgação)

O movimento será divulgado pela redes sociais do VADELATA, movimento nacional desenvolvido pela Ball em prol do consumo da latinha de alumínio que tem como objetivo conscientizar a população sobre as vantagens da lata, e também pelos perfis do humorista. O valor arrecadado pela campanha pode chegar a R$150 mil e será destinado a cooperativas em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Salvador.

Thaís Moraes, diretora de comunicação e relacionamento com a comunidade da Ball América do Sul conta que, em 2020, a empresa patrocinou a gestão de resíduos dos desfiles do Galo da Madrugada, em Recife e São Paulo. “A Ball sempre está presente nos carnavais e  em grandes festas nacionais, promovendo o consumo consciente e a opção pela lata de alumínio, que é a embalagem mais reciclável do mundo e que, no Brasil, tem taxa de reciclagem de 97,4%”, explica.

Já a Devassa levará o Carnaval para 100 janelas históricas em Salvador. O movimento “Paredão Tropical” terá o comando de Carlinhos Brown, Gaby Amarantos, Xanddy, Lia de Itamaracá, Larissa Luz e os blocos Ilê Aiyê, Cortejo Afro e Didá e tem como objetivo homenagear a música preta percussiva, a essência do Carnaval da Bahia. A iniciativa contarpa com transmissão ao vivo no canal Multishow e no YouTube, Twitter e Facebook de Devassa.

A gerente de marketing da Devassa, Ilana Lencastre, conta que a ideia é resgatar a essência do Carnaval mostrando como a percussão está presente nas diferentes festas do Brasil. “O mais importante é que faremos isso de forma segura em mais um ano que o Carnaval não pode ir às ruas”, comenta. A marca também segue na linha de iniciativas realizadas em 2021, em que a cervejaria trouxe o projeto Carnavaranda levando os shows das ruas do Carnaval para as varandas de Salvador. A executiva reforça que a criatividade sempre foi um ponto muito explorado nas comunicações da marca.

Para essa ação, a Devassa trará para os espectadores ritmos como ciranda, carimbó, samba reggae, maracatu e frevo, em alusão às manifestações folclóricas originárias do Norte-Nordeste. O projeto “Paredão tropical” foi desenvolvido pela Atenas Comunicação, estratégia de conteúdo digital da HNK Lab e estratégia de mídia digital da iProspect (Red Star), trazendo Jarbas Bittencourt na direção musical, José Carlos Arandiba como coreografo, e direção de imagem de Caio Coutinho, além da Sua Música que é parceira de mídia e de ativação do espetáculo.

Publicidade

Compartilhe

Veja também