Yahoo traz Rede de Contribuidores ao Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Yahoo traz Rede de Contribuidores ao Brasil

Remuneração de colaboradores é a grande novidade que a plataforma aberta de pautas trará para a mídia brasileira

Felipe Turlao
18 de julho de 2012 - 7h52

O Yahoo lança no Brasil dentro de duas a três semanas a versão final da Yahoo Rede de Contribuidores, que já existe nos Estados Unidos, e que opera em beta no País desde segunda-feira, 16. Trata-se de uma plataforma aberta para publicação de notícias, da qual, a rigor, qualquer pessoa pode participar com o envio de reportagens sobre assuntos pré-determinados pela equipe editorial do portal. A grande novidade que o projeto traz para a mídia brasileira é que esses colaboradores serão remunerados pela produção da notícia. O Yahoo Brasil trabalhou por um ano na confecção da rede, que será adotada também no Reino Unido.

O modelo de remuneração será composto por um “valor de saída”, não revelado, acrescido de um real a cada 1 mil visualizações dasnotícia. “Nossas notícias mais lidas chegam à casa de milhões de visualizações”, aponta Rafael Alvez, editor-chefe do Yahoo, que encabeça o projeto que tem cinco profissionais diretamente envolvidos.

A Rede de Contribuidores, em um primeiro momento, funcionará da seguinte maneira: a equipe do Yahoo escolhe determinadas pautas e coloca na rede para que as pessoas cadastradas na comunidade possam escrever reportagens sobre o tema. “A ideia é dar voz a pessoas que têm conhecimento sobre um determinado assunto, mas que não tinham oportunidade de publicar matérias em um site”, aponta Alvez.

Segundo ele, no decorrer do tempo, os colaboradores construirão sua reputação, em uma métrica que tem a ver, por exemplo, com a assiduidade, qualidade do trabalho, quantidade de visualizações e atendimento aos prazos. Outro fator importante, claro, é o conhecimento especializado sobre o tema. E estes estarão à frente dos outros na hora de se escolher a reportagem a ser publicada. “Com o tempo, poderemos limitar determinada pauta apenas a pessoas que já conhecem de um setor, como jardinagem, por exemplo”, aponta Alvez. A rede não permitirá a sugestão de pautas, mas isso será possível por outras vias, como as redes sociais do Yahoo.

Ele acredita que uma das grandes vantagens da Rede de Contribuidores é a regionalização. “Teremos produção de notícias de diversas cidades do Brasil, o que nos dá uma vantagem em relação aos concorrentes”, diz.

A gestão de pautas da Rede de Contribuidores estará a cargo de uma célula de profissionais dentro da redação do Yahoo. “Mas, na prática, toda a redação estará envolvida”, avisa Alvez. Segundo ele, a criação da rede não acarretará no fim de algum acordo com agências de notícias ou na demissão de profissionais. “É o maior projeto do ano do Yahoo e ajuda a reforçar o posicionamento da empresa, focado em conteúdo”, conclui.

Serviço para os anunciantes

Além de produção de notícias para o site do Yahoo, a Rede de Contribuidores poderá ajudar marcas que queiram conteúdos produzidos pelos colaboradores. “Há possibilidade de conteúdo sob demanda para anunciantes. Essa tendência é cada vez mais forte no mercado”, acredita Alvez. Ainda não há detalhes sobre o modelo de comercialização deste serviço voltado para o mercado corporativo.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”