Valor demite dezenas na redação e administração

Buscar

Mídia

Publicidade

Valor demite dezenas na redação e administração

Jornal passa por reestruturação para adequar-se a novo ambiente econômico


24 de maio de 2013 - 12h27

O jornal Valor Econômico completou 13 anos no início deste mês, mas a redação encerra maio sem ter muito o que comemorar. O diário econômico cortou pelo menos 30 profissionais da redação e mais uma dezena de áreas administrativas na quinta, 23.

Em janeiro, o jornal lançou o serviço de informações financeiras em tempo real Valor Pro, com investimentos de R$ 100 milhões. O produto seguiu a uma onda positiva do jornal, que fechou 2012 com alta de 20% na receita publicitária e balizou um projeto de expansão da marca, conforme afirmara à época seu CEO, Alexandre Caldini Neto, em entrevista ao Meio & Mensagem. O serviço fornece indicadores e análises econômicas do Brasil e exterior, fundamentados num banco de dados de mais de 5 mil empresas.

Segundo informações do Jornalistas&Cia, o Valor Pro foi poupado de demissões, indicando que a diretoria  aposta na ferramenta. Por outro lado, editores e repórteres especiais de outras editorias seriam os principais na lista de dispensa, devido aos altos salários.

O último ambiente de crise que o jornal atravessou foi em dezembro do ano passado, quando descontinuou a revista Valor Investe, também por falta de resultados, mas a decisão não chegou a atingir postos de trabalho. A instabilidade na publicação se soma às mudanças recentes que causaram grande agitação no concorrente Brasil Econômico, com corte profundo de pessoal e completo reposicionamento de marca, com mudança de endereço e projeto gráfico.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”