Editora Caras se torna segunda maior do país

Buscar
Publicidade

Mídia

Editora Caras se torna segunda maior do país

Compra de mais sete títulos da Abril coloca empresa à frente da Globo

Bárbara Sacchitiello
9 de junho de 2015 - 4h13

Promover mudanças em sua estrutura tem sido uma ação frequente da Editora Abril nos últimos anos. A reformulação anunciada na semana passada, no entanto, foi classificada pelo presidente Alexandre Caldini, como a mais “radical e profunda dos 65 anos de história da empresa”. No mercado nacional de mídia impressa, as mudanças já trouxeram impactos significativos.

Com a venda de sete revistas para a Editora Caras (AnaMaria, Arquitetura & Construção, Contigo, Placar, Tititi, Você RH e Você S/A), além das outras dez que já havia repassado à empresa de origem argentina no ano passado, a Abril acabou tornando a Caras a segunda maior editora de revistas do País, em termos de exemplares em circulação auditados. Enquanto os títulos da Abril, juntos, alcançam uma média mensal de 4,03 milhões de exemplares, o portfólio da Caras — já considerando as revistas compradas da Abril — possui circulação média de 1,71 milhão de exemplares por mês — os números são de fevereiro, os mais recentes do Instituto Verificador de Comunicação (IVC). Com a nova aquisição, a Caras passa a Editora Globo, que tem média de 1,49 milhão de exemplares mensais.

Entenda a reestruturação da Editora Abril.  

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também