Para SBT, Copa do Nordeste reforça presença regional

Buscar
Publicidade

Mídia

Para SBT, Copa do Nordeste reforça presença regional

Agora sem a parceria com o Esporte Interativo, emissora incrementa número de cotas de patrocínio e vê torneio como elemento de diversificação da grade

Bárbara Sacchitiello
18 de setembro de 2018 - 18h19

Da esq. para a dir.: Ciro Thomas, presidente do comitê SBT Nordeste; Manoel Flores, diretor de competições da CBF; Alexi Portela, presidente da Liga do Nordeste e Marcelo Parada, diretor comercial e de marketing do SBT (Crédito: Gabriel Cardoso/Divulgação)

Após anos sem ter um torneio de futebol em sua grade de programação, o SBT voltou a campo neste ano, quando fez um acordo com o Esporte Interativo para exibir, na TV aberta, a Copa do Nordeste. Recentemente, quando a Turner anunciou ao mercado que o canal EI não mais existiria na TV linear, a emissora de Silvio Santos tratou rapidamente de comunicar que a parceria com a Copa do Nordeste seguiria firme.

Nesta terça-feira, 18, reuniram-se na sede da emissora, em São Paulo, representantes da CBF, da Liga do Nordeste (organizadora do campeonato), dirigentes dos clubes participantes e representantes das afiliadas da emissora na região para apresentar os planos para a edição 2019 da Copa do Nordeste. Assim como aconteceu neste ano, as transmissões serão feitas por dez afiliadas do SBT na região: TV Aratu (Bahia); TV Ponta Verde (Alagoas); TV Jornal Recife e TV Jornal Caruaru (Pernambuco); TV Tambaú – João Pessoa e TV Borborema – Campina Grande (Paraíba); TV Ponta Negra (Rio Grande do Norte); TV Jangadeiro (Ceará); TV Cidade Verde (Piauí) e TV Difusora (Maranhão). Não haverá, por enquanto, transmissão do torneio em rede nacional.

“Ter novamente um produto esportivo na grade agrega muito para a audiência das afiliadas da emissora na região. Sabemos que, para uma TV ser forte, ela precisa se fortalecer em todas as regiões onde atua e uma transmissão desse tipo é capaz de trazer bons resultados. Além disso, um torneio como a Copa do Nordeste agrega um elemento pouco comum para a grade do SBT, o que nos permite também atrair anunciantes que, geralmente, não teriam tanta conexão com nossa programação regular”, explica Marcelo Parada, diretor comercial e de marketing do SBT.

Para o representante do Comitê SBT Nordeste (que reúne as afiliadas da emissora na região), Ciro Thomaz, o desempenho da Copa neste ano mostrou que o torneio era um grande investimento para a emissora. “A audiência foi nosso grande aspecto motivador para continuar essa parceria. Tivemos resultados interessantes em todas as regiões, principalmente nas praças de Salvador, Recife e Fortaleza. E como a Copa do Nordeste consegue movimentar bastante o interesse das pessoas, também conseguimos perceber um engajamento mais direto com o público”, comentou Thomaz, que também é diretor da TV Jangadeiro, afiliada do SBT em Fortaleza.

Cotas e planos
Nessa semana, o representante do Comitê SBT Nordeste e o departamento comercial da emissora estão visitando grandes agências de São Paulo para mostrar o plano comercial da edição 2019 do torneio, que terá início em janeiro. Neste ano, Schin, Net/Claro, 51 e Boticário patrocinaram a transmissão do SBT. Para 2019, o plano comercial cresceu: serão seis cotas, cujos valores ainda estão sendo definidos. “Queremos marcas com alcance nacional, que queiram investir na comunicação regional”, comenta Parada.

A cobertura da emissora compreende a exibição de duas partidas semanais, sempre às terças-feiras, às 21h45, e aos sábados, às 16 horas. Por enquanto, a emissora não tem planos de fazer a transmissão em rede nacional, mas considera repensar a estratégia no próximo ano. “A regionalização é importante neste momento, quanto mais estivermos inseridos nos mercados locais, melhor será o desempenho geral. Mas a partir do próximo ano poderemos retomar essa questão”, disse Parada.

Copa do Nordeste em outras telas
Antes exibida pelo Esporte Interativo na TV por assinatura, a Copa do Nordeste só está garantida, por enquanto, na grade do SBT. O campeonato nordestino ficou de fora dos direitos de transmissão que os canais TNT e Space herdaram do Esporte Interativo. A Liga do Nordeste, junto à CBF, já estão, no entanto, negociando os demais direitos de transmissão do torneio com outros veículo. “Contratamos uma agência para negociar os direitos da Copa do Nordeste na internet e também já estamos em conversas para negociar os direitos de TV paga com alguns veículos”, comenta Alexi Portela, presidente da Liga do Nordeste.

Publicidade

Compartilhe

Veja também