Rádios Globo e CBN negam descontinuidade

Buscar

Mídia

Publicidade

Rádios Globo e CBN negam descontinuidade

Sistema Globo de Rádio desmente boatos sobre descontinuidade das marcas

Teresa Levin
15 de abril de 2019 - 10h03

Sistema Globo de Rádio nega fim da CBN e da Rádio Globo (Crédito: Divulgação)

O Sistema Globo de Rádio (SGR) emitiu um comunicado no qual desmente a descontinuidade das rádios CBN e Globo. O texto nega boatos que circularam na imprensa no fim de semana sobre o fim das rádios como hoje são conhecidas, que assumiriam novos formatos.

As informações foram divulgadas pelo site G7, em texto de Robson Aldir, ex-funcionário do SGR. Depois foi republicado pelo site do Sidney Rezende, também ex-SGR. Ricardo Feltrin, colunista do UOL que cobre mídia e entretenimento, também apurou a história e repercutiu. Segundo as informações, a CBN passaria a se chamar Globonews FM, enquanto a Globo seria a Multishow FM, retransmitindo parte dos conteúdos dessas marcas da TV por assinatura. As mudanças teriam sido sugeridas pela consultoria Accenture, contratada pelo grupo em setembro do ano passado.

O comunicado oficial reforça que a CBN é “um sucesso estabelecido”, hoje a “maior rádio de notícias do Brasil, não havendo nenhuma possibilidade de sua descontinuidade. Pelo contrário, seguimos investindo no seu fortalecimento e no jornalismo de qualidade que caracteriza a emissora há quase 30 anos”. Sobre a Rádio Globo, ele destaca que ela segue em busca do seu caminho de sucesso e que há dois anos passou por transformações importantes buscando reverter tendências negativas de faturamento e uma operação deficitária. “Nem todas as mudanças trouxeram os resultados que esperávamos. Seguimos em permanente avaliação da programação com o objetivo de atender da melhor maneira a demanda dos nossos ouvintes”, informa.

O posicionamento do Sistema Globo de Rádio comenta ainda o projeto Uma Só Globo, a cargo da consultoria Accenture. Segundo o texto, desde o seu lançamento, ele não envolve as rádios CBN e Globo. “Lamentamos a forma irresponsável e descomprometida com os fatos com que essas notícias foram publicadas, gerando ansiedade e preocupação desnecessárias em um grande número de funcionários, seus familiares, afiliados, parceiros e ouvintes”, afirma o comunicado, que é assinado por Marcelo Soares, diretor geral do Sistema Globo de Rádio.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Marcelo Soares

  • cbn

  • Grupo Globo

  • Sistema Globo de Rádio

  • Accenture

  • Rádio Globo

  • mercado

  • consultoria

  • rádios

  • integração de marcas

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”