Com apoio do Governo, Mesa SP discute cozinha de transição

Buscar

Mídia

Publicidade

Com apoio do Governo, Mesa SP discute cozinha de transição

Em sua 15º edição, evento terá correalização do Governo do Estado de São Paulo e patrocínio de marcas como Rede, Tramontina, Pão de Açúcar e Sky

Taís Farias
24 de outubro de 2019 - 17h15

Aula da chefe Papoula Ribeiro no Mesa SP 2018 (Crédito: Divulgação)

A partir desta quinta-feira, 24, até o dia 27 deste mês, acontece no Memorial da América Latina, na capital paulista, a 15º edição do Mesa SP. O evento reúne aulas de culinária, degustações, palestras, feiras e o congresso de gastronomia Mesa Tendências. Com o tema “Cozinha de Transição: novos significados para um planeta em mutação”, o evento se propõe a discutir o futuro do alimento no mundo.

O Mesa SP é realizado pela produtora de eventos de gastronomia Mundo Mesa, que nasceu da revista Prazeres da Mesa e produz 8 eventos do segmento anualmente. A novidade deste ano é que o Mesa tem correalização do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Ele passou a fazer parte do projeto SP Gastronomia, que tem como objetivo impulsionar o estado como roteiro turístico gastronômico.

Mariella Lazaretti, sócia do Mundo Mesa e da revista Prazeres da Mesa, conta que esse movimento aproximou o projeto de outras iniciativas do setor. O Mesa SP incorporou a competição gastronômica Bocuse D’or e trouxe o Cultura de Boteco para estar no Memorial da América Latina. Além disso, o grupo também se associou a uma feira de livros, exposições de fotos e apresentações de música popular e instrumental.

O evento tem patrocínio master da Rede, do Itaú, e outros patrocinadores como Tramontina, Pão de Açúcar, Sky, Verallia, Alelo e Egg. O apoio fica com Abrasel, Nestlé, Stella Artois, Tres, Sebrae e outras. Ao todo, as cotas de patrocínio somam R$ 5 milhões.

Um dos destaques do evento, o Mesa ao Vivo vai promover uma grade de aulas e degustações com chefes e profissionais renomados do meio gastronômico, como o norte-americano Matthew Kenney. Já o Farofinha do Brasil terá um espaço especial dedicado ao público infantil. O evento promove ainda o Jantares Magnos, oportunidade em que o público pode conhecer o trabalho dos profissionais que participam do evento.

Neste ano, os organizadores esperam que no mínimo 50 mil pessoas passem pelo evento. Para Mariella, o Mesa SP é uma ponte para conectar o público com o segmento “Teremos um apelo popular com muitas atividades gratuitas, comidas a baixíssimos preços. Acreditamos que será um enorme sucesso e que conseguiremos colocar a gastronomia em um patamar de naturalidade de consumo e reconhecimento do grande público”.

*Crédito da foto no topo: Daniel Prates/Divulgação

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • mariella lazaretti

  • Nestlé

  • Sky

  • Sebrae

  • Tramontina

  • pão de açúcar

  • Alelo

  • Stella Artois

  • Governo do Estado de São Paulo

  • mesa sp

  • prazeres na mesa

  • secretaria de cultura e economia criativa

  • verallia

  • egg

  • abrasel

  • tres

  • alimentação

  • eventos

  • gastronomia

  • mesa sp