WhatsApp anuncia medidas para combater informações falsas

Buscar

Mídia

Publicidade

WhatsApp anuncia medidas para combater informações falsas

Plataforma do Facebook lança hub de informações oficiais sobre o novo coronavírus e destina US$ 1 milhão para Rede Internacional de Verificação de Fatos


18 de março de 2020 - 15h00

Junto com a Organização Mundial da Saúde, Unicef e PNUD, o WhatsApp anunciou nesta quarta-feira, 18, o lançamento de um hub de informações sobre o novo coronavírus. Aliado a essa iniciativa, o aplicativo de mensageria do Facebook irá doar US$ 1 milhão à Rede Internacional de Verificação de Fatos (IFCN) do Instituto Poynter.

 

WhatsApp entende que muitos usuários estão recorrendo ao aplicativo para contatar conhecidos e médicos (Crédito: Bombuscreative/iStock)

A plataforma visa dar informações oficiais e orientar profissionais da saúde, educadores, líderes comunitários, organizações sem fins lucrativos, governos e empresas locais e oferecer dicas para evitar disseminação de informações falsas sobre a doença. Dentre as dicas, estão sugestões de como aproveitar o recurso de grupos na rede para distribuir fatos e orientar esforços locais. O WhatsApp também comunicou estar se esforçando para criar linhas de comunicação direta para uso da OMS e a Unicef.

“Sabemos que nossos usuários estão usando o WhatsApp mais do que nunca neste momento de crise, seja para se conectar a amigos e entes queridos, médicos e pacientes ou professores e estudantes. Queríamos fornecer um recurso simples que possa ajudar a conectar pessoas no momento”, declarou Will Cathcart, CEO do WhatsApp, em nota.

Já a doação visa apoiar a #CoronaVirusFacts Alliance, projeto que leva fatos certificados para comunidades locais para evitar rumores prejudiciais. De acordo com Baybars Orsek, diretor da IFCN, a parceria pode ajudar a iniciativa chegar a um público maior. Atualmente, a Rede Internacional de Verificação de Fatos opera em 45 países. Para isso, o WhatsApp disponibilizará recursos avançados do WhatsApp Business.

**Crédito da imagem no topo: Christian Wiediger/Unsplash

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • baybars orsek

  • will cathcart

  • facebook

  • whatsapp

  • Unicef

  • OMS

  • Organização Mundial da Saúde

  • rede internacional de verificação de fatos

  • ifcn

  • instituto poynter

  • Informação

  • Notícias falsas

  • fake news

  • Informações falsas

  • coronavírus

  • covid-19

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”