UOL e Vivo lançam soluções de mídia para pequenas empresas

Buscar

Mídia

Publicidade

UOL e Vivo lançam soluções de mídia para pequenas empresas

A exemplo do que já fizeram Globo e SBT, portal e operadora investem em ferramentas de publicidade digital destinadas a anunciantes de menor porte

Luiz Gustavo Pacete
4 de agosto de 2020 - 7h42

Pela plataforma UOL ads, com investimentos de pequenos valores já será possível criar um campanha para uma marca (Crédito: Reprodução)

O impacto negativo da pandemia na economia reforçou a importância do médio e pequeno e negócio para movimentar o PIB do Brasil. Grande parte das iniciativas de empresas de consumo como Coca-Cola, Unilever ou P&G e de companhias de tecnologia como Visa e Mastercard tiveram os pequenos e médios como foco. De acordo com o Sebrae, a crise mudou o funcionamento de 5,3 milhões de pequenas e médias empresas brasileiras, o equivalente a 31% do total. Neste contexto, não foram só os negócios que precisaram de adaptação, mas também o investimento em publicidade. E, em resposta a esse movimento, plataformas como Globo, SBT e UOL investiram em ferramentas específicas para esse perfil.

O UOL lança nesta semana o UOL ads, plataforma self-service de compra de mídia programática. De acordo com a empresa, a o novo serviço foi criado para facilitar a publicidade das pequenas e médias empresas do País. Com investimento a partir de qualquer valor já é possível criar a campanha para a marca. “O UOL ads é uma ferramenta com layout simples, intuitiva e rápida para ajudar este público a ter espaço para anunciar tanto no UOL como em uma rede de mais de 300 sites premium do Brasil, que são nossos parceiros”, afirma Adriano Marques, adtech and data director na divisão de publicidade do UOL.

Um dos focos da plataforma será atender ao micro e pequeno empreendedor que busca aumentar vendas, geração de leads e awareness para a marca, mas que muitas vezes não possui o conhecimento técnico nessa área ou o investimento necessário. “Diante do boom de pequenos e médios empresários que estão surgindo no Brasil, é uma maneira desses empreendedores terem acesso a um enorme público online que acessa o UOL e fazer com que seus negócios alavanquem”, completa Bebeto Pirró, Diretor de Publicidade do UOL.

A Vivo Ads, que atua com publicidade digital desde 2016, também apresenta nesta semana uma ferramenta online para que pequenos e médios empresários criem e gerenciem campanhas online. “Nesse novo formato, o cliente pode acompanhar em tempo real os resultados do seu investimento mobile e pode ajustar a qualquer momento, permitindo otimizar recursos e melhorar a performance da campanha enquanto ela acontece. A ferramenta permite total autonomia na hora de escolher quais formatos de anúncios utilizar e o valor a ser investido, permitindo a criação de estratégias únicas de campanha e de uma forma fácil, sem intermediários”, explica Suzzy Cipriano, diretora do Terra e Vivo Ads.

Inicialmente, a plataforma vai permitir a veiculação de campanhas de vídeo, de leads e de pesquisas. Entre as possibilidades de segmentação da campanha está a geolocalização, que usa apenas os dados de clientes que dão o opt-in para a publicidade. Cada usuário da plataforma pode gerenciar uma ou mais contas, com possibilidade de compartilhar acessos e atribuir diferentes níveis de permissão para toda a equipe, no caso de agências de publicidade, por exemplo. Todos os anúncios passam por moderação, para evitar comunicações indevidas, de acordo com os termos de uso da plataforma.

TV no digital
No início de junho, a Globo lançou a SIM, plataforma cujo objetivo é atender também ao pequeno e médio empresário brasileiro, permitindo simulações de interesse de anúncio, criação de peças publicitárias, compras e pagamentos. Na etapa inicial, o serviço inclui, além do portfólio da Rede Globo, as afiliadas da Globo RPC Paraná, nas cidades de Guarapuava e Ponta Grossa; TV Tem, nas praças de Itapetininga e São José do Rio Preto, e a TV Gazeta Norte, na cidade de Linhares, foram escolhidas para a implementação beta da SIM.

O SBT, também no início de junho, adiantou o formato de uma plataforma digital que permitirá aos anunciantes e agências fazerem consultas e avaliação de preços e comprarem espaços publicitários para veicular suas campanhas na TV (em rede nacional e nas emissoras afiliadas) e nas plataformas digitais da emissora.

A íntegra desta reportagem está publicada na edição semanal de Meio & Mensagem, que pode ser acessada gratuitamente pela plataforma Acervo, onde é possível consultar ainda todas as edições anteriores que circularam nos 42 anos de história da publicação. Também está aberto a todo o público, gratuitamente, o acesso à versão digital das edições semanais de Meio & Mensagem, no aplicativo para tablets, disponível nos aparelhos com sistema iOS e Android.

 

Publicidade

Compartilhe