Receita publicitária do Spotify cresce 110% em um ano

Buscar

Mídia

Publicidade

Receita publicitária do Spotify cresce 110% em um ano

Plataforma de streaming alcançou a marca de 165 milhões de usuários premium no mundo no segundo trimestre de 2021


29 de julho de 2021 - 8h08

(Crédito: Reprodução)

O Spotify conseguiu mais que dobrar sua receita publicitária nos últimos 12 meses e também ampliou sua receita líquida e a base de assinantes premium. Os dados foram divulgados no balanço financeiro da companhia divulgado nesta semana.

No segundo trimestre deste ano, os valores arrecadados pela plataforma com publicidade cresceram 110%, alcançando a marca de € 275 milhões. O valor superou a previsão feita pela companhia e foi motivado pelos canais de vendas diretas e também pelo interesse dos anunciantes nos podcasts.

As receitas da companhia cresceram 23% no trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo o valor de € 2,331 bilhões. A empresa explica esse crescimento pelo aumento tanto de sua base de assinantes quanto pela maior arrecadação publicitária.

No período, o Spotify registrou uma média de 365 milhões de usuários ativos mensais, um aumento de 22% na comparação com o ano anterior. Nesse valor estão compreendidos tanto os usuários premium (que pagam pela assinatura do serviço) quanto os que acessam o Spotify de forma gratuita. Em relação aos assinantes premium, que representam uma importante fonte de receita para a companhia, o Spotify ampliou sua base em 20%, totalizando 165 milhões de assinantes no mundo.

Em comunicado, Daniel Ek, CEO e fundador do Spotify, declarou que o segundo trimestre foi um período forte para a empresa, de forma geral. “Embora o crescimento mensal de usuários ativos tenha sido mais suave do que o esperado no primeiro semestre do ano, estamos vendo uma tendência inversa e todos os principais indicadores mostram que estamos de volta ao caminho certo”, declarou.

Podcasts
Um dos destaques apresentados pela plataforma em seu balanço foi o aumento do consumo de podcasts. O consumo desse tipo de conteúdo em áudio cresceu 95% no trimestre, no geral, na comparação com o segundo trimestre de 2020. Quando se analisa o aumento de consumo de podcasts por usuário, a taxa de crescimento é de 30%. O Spotify também anunciou que a participação dos podcasts no consumo total de conteúdo, em horas, atingiu recorde histórico.

Publicidade

Compartilhe