Twitter aposta em NFTs e passa a aceitar bitcoins

Buscar

Mídia

Publicidade

Twitter aposta em NFTs e passa a aceitar bitcoins

Novas funcionalidades da plataforma pretendem impulsionar a monetização e aproveitar tendência das NFTs


24 de setembro de 2021 - 14h02

Com informações do AdAge

O Twitter vai permitir que os fãs e criadores de NFTs exibam suas propriedades digitais de alto valor em uma nova iniciativa de crypto lançada nesta quinta-feira, 23. O projeto é parte de uma atualização maior, que quer atender às paixões de seus super usuários. Também focado nas comunidades de crypto, o Twitter anunciou ainda que vai passar a permitir transações com bitcoin na plataforma, permitindo que as maiores contas da plataforma aceitem bonificações de seus seguidores na moeda digital. Uma expansão do programa de monetização da rede social começou neste ano.

Em junho, Twitter criou 140 NFTs (Crédito: Reprodução)

Esther Crawford, líder de produto para monetização de criadores do Twitter, revelou a primeira grande investida da plataforma para os entusiastas dos NFTs (tokens não fungíveis), ativos digitais únicos construídos com tecnologia cripto. O Twitter pretende incorporar os NFTs em sua plataforma, permitindo que os usuários incluam links para as suas coleções. Os NFTs têm sido uma tendência na rede social com os usuários usando peças famosas como seus avatares.

“Ao permitir que as pessoas conectem diretamente suas cripto-carteiras, elas podem rastrear e mostrar sua propriedade de NFT no Twitter”, explicou Esther. Já com relação aos bitcoins, a companhia informou que passará aceitar a moeda para as contas elegíveis a “tips”, ou gorjetas em tradução livre, iniciativa de pagamentos únicos que a Twitter lançou neste ano para incentivar os usuários a contribuírem mais com a plataforma e os criadores.

Na quinta-feira, o Twitter também anunciou uma série de novos controles para os usuários melhorarem sua segurança e bem-estar no serviço, com novos filtros para limitar conversas ofensivas. O Twitter está tentando resolver alguns dos problemas mais persistentes da plataforma, que incluem poucas ferramentas para que seus usuários mais ativos cultivem seu público e ganhem dinheiro com suas contribuições. Também existem preocupações antigas sobre negatividade e assédio.

Pensando nisso, o Twitter introduziu novas ferramentas de segurança como “remova-se de uma conversa”, que permite ao usuário sair de um tópico do Twitter que menciona seu nome. A rede também está introduzindo formas automatizadas para os usuários bloquearem contas que possam ofendê-los.

*Tradução: Taís Farias

*Crédito da foto no topo: Pexels Francesco/ Ungaro

Publicidade

Compartilhe