Da narração ao TikTok: a trajetória de Galvão Bueno na publicidade e TV

Buscar
Publicidade

Mídia

Da narração ao TikTok: a trajetória de Galvão Bueno na publicidade e TV

Locutor e apresentador, que encerrará o contrato com a Globo após a Copa do Catar, se tornou uma das personalidades mais requisitadas pelas marcas

Bárbara Sacchitiello
25 de março de 2022 - 6h02

Com uma postagem no Twitter que surpreendeu o público, Galvão Bueno comunicou que a partida da seleção brasileira contra o Chile, na noite dessa quinta-feira, 24, seria o último jogo da seleção no estádio do Maracanã que ele narraria.

 

A despedida do narrador foi, posteriormente, confirmada e explicada pela Globo que, por meio de um comunicado, revelou que o contrato fixo de Galvão termina no fim do ano, após o encerramento da Copa do Mundo do Catar. “Galvão é um gênio da comunicação, que reinventou a função de um narrador nas transmissões esportivas. Haverá pra sempre na história da TV brasileira o antes e o depois de Galvão. Juntos, estamos preparando uma despedida à altura da história dele na Copa do Catar. Será inesquecível para o Galvão e para o público”, afirma Renato Ribeiro, Diretor do Esporte da Globo, em nota.

A aposentadoria de Galvão das narrações é algo que já vinha sendo discutido há algum tempo. Por algum tempo, esperou-se que o narrador encerrasse a carreira na TV depois da Copa de 2014, realizada no Brasil. Galvão, no entanto, continuou ancorando os jogos da seleção brasileira e sendo o principal nome da equipe esportiva da Globo.

Nos últimos anos, além da presença nas narrações, Galvão também conquistou um espaço no mercado publicitário nacional. Desde 2018, quando a Globo flexibilizou as regras de seu departamento esportivo, permitindo que os profissionais da área participassem de ações publicitárias e comerciais, Galvão passou a ser uma figura requisitada no ambiente das marcas. O narrador falou sobre isso em entrevista ao Meio & Mensagem, em 2019, quando iniciava sua trajetória no universo das marcas. Veja:

A primeira negociação de Galvão Bueno com uma marca após a liberação da Globo aconteceu em 2019, quando o narrador foi convidado a emprestar sua voz para os voos da Gol, para divulgar o acesso à programação de TV ao vivo.

No mesmo ano, ainda na Globo, ele também fez parte de um projeto de branded content chamado “Na Estrada com Galvão”, uma cocriação entre a emissora, a Volkswagen e a AlmapBBDO. A atração envolvia conteúdos para os programas Auto Esporte e Esporte Espetacular, da Globo, e Bem Amigos, do SporTV.

A estreia de Galvão em comercial tradicional na TV, no entanto, só aconteceu em setembro de 2020, quando o narrador protagonizou a campanha do Serasa, para divulgar o serviço Serasa Score Turbo. Desde então, Galvão protagonizou campanhas e ações publicitárias de marcas como Postos Petrobras, WhatsApp, Santander (ao lado do colega e amigo Arnaldo César Coelho), EQI Investimentos, Havaianas e TikTok.

 

Com o TikTok, inclusive, Galvão realizou uma ação nesta semana, que envolveu o Big Brother Brasil. Os participantes do reality participaram de uma disputa de pebolim humano e Galvão foi responsável por narrar os gols e lances.

No comunicado divulgado pela Globo, o narrador deixa em aberto as possibilidades de trabalho no futuro e diz que pretende seguir trabalhando com os meios digitais e deu a entender que pode, de forma diferente, seguir a parceria com a emissora. “Eu me realizei como profissional nesses 41 anos na Globo. Foram emoções fortíssimas. Estarei com a seleção brasileira e com o futebol até o dia 18 de dezembro. Depois, vira-se uma página e o livro continua. Pretendo mergulhar de cabeça no mundo digital, estamos falando sobre possibilidades em outras plataformas. A Globo é minha casa”, declarou Galvão.

Publicidade

Compartilhe

Veja também