Elon Musk compra Twitter por US$ 44 bilhões

Buscar
Publicidade

Mídia

Elon Musk compra Twitter por US$ 44 bilhões

Empresário quer criar novos recursos para a plataforma e investir em código aberto


25 de abril de 2022 - 16h26

O Twitter aceitou a oferta de compra da plataforma por Elon Musk, CEO da Tesla. O empresário investe US$ 44 bilhões na oferta, cerca de US$ 54,20 por ação. Após a conclusão da transação, o Twitter se tornará uma empresa privada.

 

(Crédito: Kathy Hutchns/Shutterstock)

Em comunicado, o executivo diz que quer tornar o Twitter melhor, incluindo a criação de novos recursos, enfrentando bots de spam e na criação de algoritmos de código aberto. Em sua conta pessoal na plataforma, Musk sugeriu a criação de um botão de edição e divulgação de anúncios do Twitter Blue, reduzindo seu preço de assinatura e adicionando Dogecoin como opção de pagamento.

O código aberto visa aumentar a confiança dos usuários na plataforma. No passado, o empresário criticou as medidas contra a desinformação, que ele via como impeditiva da liberdade de expressão. “A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça digital da cidade onde assuntos vitais para o futuro da humanidade são debatidos”, disse Musk.

O bilionário afirmou ter montado um pacote de financiamento de US$ 46,5 bilhões de financiadores, o que, segundo a Reuters, teria chamado a atenção do conselho da empresa nas negociações da aquisição que o tornaria dono de 100% da rede social. Esse pacote inclui US$ 25,5 bilhões em empréstimos e US$ 21 bilhões em capital próprio.

O conselho do Twitter parecia resistente a oferta. Segundo as regras da plataforma, acionistas individuais ou membros de um grupo não podem ter mais de 14,9% das ações da empresa, o que impede maior poder sob a operação.

Publicidade

Compartilhe

Veja também