CCXP 2022 retorna ao formato presencial e CCXP Awards abre inscrições

Buscar
Publicidade

Mídia

CCXP 2022 retorna ao formato presencial e CCXP Awards abre inscrições

Evento de cultura pop da Omelete Company volta ao presencial após dois anos com a expectativa de reunir mais de 300 mil pessoas; CCXP Awards contará com 32 premiações

Amanda Schnaider
4 de maio de 2022 - 6h01

Após dois anos em formato online por conta da pandemia, a Comic Con Experience (CCXP), evento de cultura pop da Omelete Company, volta ao modelo presencial, no São Paulo Expo. A venda de ingressos do primeiro lote para os quatro dias de festival (de 1º a 4 de dezembro) tem início nesta quinta-feira, 5, às 15h, no site do evento.

Os ingressos para a CCXP 20222 variam de R$ 120 a R$ 12 mil, dependendo da categoria. Ao todo são oito categorias disponíveis: diários (quinta, sexta, sábado e domingo), o pacote de quatro dias, o EPIC Experience, o FULL Experience e o UNLOCK, evento voltado para empresários e empreendedores com interesse na indústria do entretenimento, que acontece nos dias 29 e 30 de novembro e que envolve uma visita guiada pelos bastidores do evento. “O UNLOCK É um evento que para nós é super importante dentro do ecossistema da CCXP. Realmente temos contato com o público que quer empreender”, comenta Otávio Juliato, CCO da Omelete Company.

Uma hora antes da abertura da venda dos ingressos, a organização do evento fará uma live em suas redes sociais para contar alguns spoilers para o público, com ativações para quem comprar os ingressos e estiver ligado no grupo do Telegram do evento. Entre os benefícios que serão oferecidos estão: acesso à Spoiler Night, CCXP Classic Caps e pin exclusivos.

 

CCXP 2019 foi a maior de todas, reunindo mais de 300 mil pessoas no São Paulo Expo (crédito: divulgação)

A edição de 2019 foi o maior ano do evento, na qual a Omelete levou mais de 300 mil pessoas ao Pavilhão do São Paulo Expo. A expectativa para esse ano é superar esse número. “Queremos traduzir esse novo momento nosso muito mais próximo da comunidade em tudo que fazemos”, comenta Roberto Fabri, VP de Conteúdo e Marca da CCXP, reforçando que a companhia nunca teve tantas conversas com as atrações tão adiantas como estão neste ano. “Nunca tivemos um abril com tanto conteúdo fechado igual tivemos. No final desse mês, a equipe da Omelete irá para Los Angeles, nos Estados Unidos, fechar os contratos.

A primeira onda de anúncios da CCXP é focada no Artists’ Valley, ex- Artists’ Alley, espaço onde quadrinistas do mundo inteiro podem apresentar seus trabalhos, interagir com os fãs e vender artes originais. A edição de 2022 contará com mais de 500 artistas em 352 mesas. A inscrição paga para participar do Artists’ Valley pode ser feita no site do evento. Ela passará por análise de uma curadoria e os artistas selecionados terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos ao lado de grandes nomes e como acontece todos os anos.

Segundo Fabri, 20 nomes já estão confirmados, entre eles estão: Julian Totino Tedesco, argentino que já trabalhou para Marvel, DC Comics, Dark Horse, Valiant, e BOOM! Studios; Ana Koehler, franco-belga que trabalhou com editoras como a Soleil Productions, a Fauvard e a DC Comics; e Jim Cheung inglês famoso por arcos de histórias da Marvel Comics como Avengers: The Chidren’s Crusade, Infinity, Original Sin #0, e AXIS.

 

Artists’ Alley, espaço para quadrinistas, agora se chama Artists’ Valley (crédito: divulgação)

CCXP Awards

O CCXP Awards é uma premiação anual criada pela Omelete para celebrar produções nacionais e internacionais do mercado pop.  “Esse desejo do Awards vinha de muito tempo. O projeto estava redondo para ser lançado em 2020, mas veio a pandemia e colocamos o projeto na gaveta meio sem saber o que ia acontecer com o mundo”, explica Fabri. Por conta da quarta onda da pandemia, o VP explica que o evento, que deveria acontecer no dia 25 de maio, Dia do Orgulho Geek, teve que ser adiado para o dia 15 de julho.

A CCXP Awards seguirá moldes estabelecidos por grandes eventos como o Oscar, Festival de Cannes e o The Game Awards e terá um total de 32 premiações, nas seguintes categorias: Games & eSports, Filmes, Séries, Literatura, Quadrinhos e Criadores de conteúdo. Apenas as categorias Games & eSports, Filmes, Séries contarão com uma única subcategoria que irá premiar o melhor produto em escala global. Em todas as outras categorias e subcategorias, os concorrentes serão 100% nacionais. “A CCXP olha muito para a frente, são lançamentos, spoilers, e o CCXP Awards é o oposto, ele olha para trás, como uma espécie de reconhecimento para tudo que foi feito, principalmente aqui no Brasil”, ressalta Fabri.

As inscrições para o CCXP Awards abrem nesta quarta-feira, 4, ao meio dia. Todas as participações serão feitas pelo site da CCXP Awards, pelos próprios titulares dos direitos de propriedade intelectual dos materiais submetidos. São elegíveis filmes, séries, quadrinhos, games e livros que foram lançados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2021. As inscrições serão válidas tanto para obras, pessoas físicas e pessoas jurídicas, como empresas e organizações.

Após a inscrição, um e-mail de confirmação será enviado para o responsável. Na sequência, as obras e os conteúdos inscritos seguirão para análise do Comitê de Especialistas, um júri composto por artistas, produtores, desenvolvedores, gamers, creators e jornalistas e diversos outros players que fazem parte da indústria do entretenimento no País.

O resultado será a formação de um Short List composto pelas dez obras escolhidas para cada subcategoria. Essa etapa começa no dia 7 de junho com votos do Júri Técnico, formado por presidentes independentes e mais cinco jurados convidados, e voto popular na eleição dos Finalistas dentro de cada subcategoria. Assim, a lista será reduzida para o número de cinco melhores participantes. Essa etapa começa no dia 16 e termina no dia 30 de junho. Para finalizar a eleição dos vencedores de cada subcategoria, no dia 5 de julho inicia-se uma nova votação, comandada novamente pelo Júri Técnico e voto popular no site da premiação.

A transmissão total do conteúdo do CCXP Awards está estimada a ultrapassar seis horas e poderá ser conferida no site e redes sociais da CCXP e Omelete, contando com todo o time de apresentadores e convidados na cobertura. “Vai ser transmitido tanto em TV fechada quanto em internet e na internet vamos distribuir o sinal de graça para quem quiser retransmitir e fazer react em cima”, explica Fabri, reforçando que essa forma de distribuição ajuda a aumentar o alcance da CCXP e ao mesmo tempo que entrega um conteúdo interessante e diferente para a comunidade.

Tanto a CCXP e quanto o CCXP Awards contam com seis cotas de patrocínio, sendo que duas já estão com Santander e Mercado Livre, e a terceira está sendo negociada com uma marca do segmento de vestuário. Além disso, a todo o projeto da CCXP já conta com quase 80 marcas fechadas. “As entregas estão distribuídas na jornada toda. Temos os anúncios, as campanhas de ingresso, então existe uma seta de comunicação em que as marcas entram ao longo do ano junto conosco para que quando chegue esses dois grandes momentos, o Awards e a CCXP, as marcas já tenham construído uma narrativa”, complementa Juliato, CCO da Omelete Company.

Publicidade

Compartilhe

Veja também