Classes baixas alavancam consumo de itens básicos

Buscar
Publicidade

Últimas notícias

Classes baixas alavancam consumo de itens básicos

De acordo com estudo da Kantar, atacarejo é o canal de compras preferido dos consumidores, que têm buscado produtos básicos com maior valor agregado


9 de janeiro de 2019 - 15h46

Foto: Reprodução

Depois de um período de retração do consumo no primeiro semestre de 2018, as classes C, D e E alavancaram o varejo de itens básicos, de acordo com o mais recente estudo Consumer Insights, da Kantar Worldpanel, divulgado nesta quarta-feira, 9.  O relatório é relativo ao terceiro trimestre de 2018. Além das classes mais baixas, as regiões do leste, interior do Rio de Janeiro e Nordeste foram as que mais contribuíram para a retomada do consumo de itens básicos e de rápido consumo.

O principal canal de compras para itens desta categoria foi o atacarejo. Em seguida, estão o varejo tradicional e a venda porta a porta, embora tenham perdido um pouco de espaço em relação ao estudo anterior.  Nas cestas dos consumidores, destacam-se itens perecíveis e produtos de mercearia doce.

A Kantar apontou ainda um aumento no consumo de alimentos com maior valor agregado, que trazem praticidade e alimentação mais prazerosa. Segundo a pesquisa, cerca de 27% dos consumidores compram por prazer.  O principal item básico comprado “por prazer” é o leite fermentado, mas, entre os produtos mais sofisticados, consumidores também afirmam gostar de comprar leite em pó, batata congelada, pão industrializado, massa fresca e azeite.

Quando o assunto é alimentação fora do lar, o critério principal para decisões de consumo é o sabor da comida, de acordo com 50% da base de consumidores mapeados pela Kantar.

 

Publicidade

Compartilhe

Comente